Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mercado da advocacia

Pinheiro Neto e Tozzini ganham títulos de melhores

Por 

Na mesma semana, dois grandes escritórios de advocacia foram indicados como o melhor do país: Pinheiro Neto Advogados e Tozzini Freire Advogados. Enquanto o Pinheiro Neto, que completa 70 anos em 2012, foi reconhecido pela sétima vez consecutiva pela publicação internacional Who’s Who Legal como o escritório de advocacia do ano no Brasil, o Tozzini Freire ganhou o prêmio de melhor escritório no Brasil do America’s Women in Business Law Awards.

O Who’s Who Legal lista apenas escritórios líderes em cada área de Direito com base nos resultados de uma pesquisa independente feita mundialmente. São levados em conta a avaliação de profissionais do setor privado, clientes e outros especialistas do mercado jurídico.

Já o America’s Women in Business Law Awards, feito em parceria com a revista canadense Women of Influence, pretende prestigiar  as melhores práticas para o trabalho feminino. Para selecionar os vencedores, a equipe editorial do Euromoney Legal Media Group entrevistou advogados e juristas do continente americano. O prêmio tem versões também na Europa e na Ásia.

O jornalista Alexandre Secco, diretor de conteúdo do principal ranking da advocacia brasileira, o Análise Advocacia 500, explica que não há qualquer conflito no fato de dois escritórios serem apontados como melhor do Brasil, pois uma indicação diz respeito ao atendimento aos clientes e outro ao campo de trabalho.

“A indicação [do Who's Who Legal] vem sendo recebida pelo Pinheiro Neto diversas vezes e recebê-la mais uma vez não muda o reconhecimento que eles vêm conquistando pelo atendimento que dão aos clientes. No caso do Tozzini, é algo  voltado para o mercado de trabalho, mais especificamente, para as mulheres advogadas que estão nesse mercado”, afirma Secco.

As mulheres ocupam 70% dos cargos do Tozzini Freire. Há, no escritório, um programa dedicado ao público feminino que contempla iniciativas direcionadas ao desenvolvimento, valorização e bem-estar de suas profissionais.

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 4 de junho de 2012, 17h12

Comentários de leitores

1 comentário

'ad argumentandum'

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Será que nessa pesquisa levaram em conta os salários pagos aos colegas advogados, empregados nos dois escritórios, e a sua possibilidade efetiva de ascensão dentro das empresas ?

Comentários encerrados em 12/06/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.