Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Personalidade agressiva

TJ condena “maníaco de Guarulhos” a 18 anos de reclusão

O Tribunal do Júri de Guarulhos, em São Paulo, condenou, nesta terça-feira (17/7), Leandro Basílio Rodrigues a 18 anos de reclusão, em regime fechado, pela morte de Gisele Cabral de Souza.

O acusado, que ficou conhecido como "maníaco de Guarulhos", teria praticado o crime em agosto de 2008, quando abordou a vítima no estacionamento de um estádio local. Após consumo de drogas, Leandro teria atacado a vítima com intenção de matar, levando-a à morte por asfixia.

O julgamento foi presidido pelo juiz da Vara do Júri de Guarulhos, Leandro Jorge Bittencourt Cano. Na sentença, consta que “a culpabilidade está comprovada e afere-se gravíssima. As circunstâncias evidenciam dolo intenso, notadamente pelo bárbaro crime praticado contra a vítima, utilizando-se de força excessiva no ataque, devendo a pena-base distanciar-se da margem inferior”.

Ainda segundo a decisão, “a análise dos fatos demonstra que o agente possui uma personalidade agressiva, covarde, dissimulada, deturpada, irresponsável e voltada à prática delitiva”. Além disso, “não demonstrou arrependimento” e “afirmou categoricamente que, caso fosse solto, mataria de novo”. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-SP.

Processo 224.01.2008.053705-8

Revista Consultor Jurídico, 18 de julho de 2012, 21h43

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/07/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.