Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Alvo de investigação

MP vai apurar desvios em Defensoria Pública de MT

A gestão de André Prieto, que foi afastado do cargo de defensor-geral do estado de Mato Grosso, continua sendo alvo de polêmicas. O Ministério Público Estadual instaurou inquérito civil para apurar suposta irregularidade promovida pela Defensoria Pública, na contratação de empresas para prestação de serviços de jardinagem e serviços gerais durante a gestão de Prieto. As informações são do portal Midia News.

O promotor de Justiça Roberto Aparecido Turim foi quem determinou a abertura das investigações, por meio da Portaria nº 113/2012. Ele disse que todos os contratos que foram firmados para contratação desses serviços serão alvos da investigação.

A gestão do defensor público-geral André Luiz Prieto é investigada pelo Ministério Público desde o mês de fevereiro deste ano, após acusações de supostas irregularidades em processos de licitação. Prieto foi afastado do cargo, em maio deste ano, pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso, pelo prazo de 120 dias, a pedido do Ministério Público Estadual. Ele é acusado de prática de atos de improbidade administrativa, durante o ano de 2011, na Defensoria Pública.

Revista Consultor Jurídico, 17 de julho de 2012, 18h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/07/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.