Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Direitos dos pacientes

Greve em Hospital Federal de Dourados é suspensa

Por considerar que as atividades desenvolvidas pelo Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados já estão deficientes demais em razão da grande demanda, precária estrutura e falta de servidores e médicos, a Justiça Federal de Mato Grosso do Sul determinou a suspensão da greve hospitalar.

Segundo a decisão, a paralisação estava prejudicando ainda mais o tratamento dos pacientes da região. Os trabalhadores devem retomar atividades no hospital, sob pena de multa diária de R$ 10 mil.

Para o Ministério Público Federal do Mato Grosso do Sul, “o direito afetado pela greve dos servidores técnico-administrativos trata-se de direito fundamental à saúde dos pacientes do SUS que dependem do Hospital Universitário, de modo que qualquer demora na realização dos procedimentos médico-hospitalares, pode gerar consequências graves nos pacientes, comprometendo, muitas vezes, outros direitos como a integridade física e a vida”. Com informações da Assessoria de Imprensa do Ministério Público Federal de Mato Grosso do Sul.

Revista Consultor Jurídico, 17 de julho de 2012, 21h32

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/07/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.