Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

"Graves incidentes"

Juíza se declara impedida em ação do Opportunity

A juíza Marcia Cunha Silva Araújo de Carvalho, da 2ª Vara Empresarial da Justiça do Rio de Janeiro, declarou-se impedida para julgar um processo envolvendo o Opportunity, do banqueiro Daniel Dantas. O banco move ação contra a empresa News Opportunity Publicidade por usar o seu nome. As informações são da coluna de Lauro Jardim, da Veja.

“Manifesto minha suspeição em razão de graves incidentes havidos entre mim e o grupo empresarial ao qual pertence a autora”, declarou a juíza, conforme movimentação do processo no site do TJ-RJ.

Marcia ganhou o direito de receber, em 2009, indenização de R$ 100 mil por danos morais do grupo Opportunity. Na ocasião, o grupo de Daniel Dantas acusava a juíza de ser parcial e ter difamado a instituição em declarações à imprensa. Em 2005, Marcia suspendeu um acordo entre o Opportunity e o grupo Citibank na disputa pelo controle acionário da Brasil Telecom.

Processo 0235711-60.2012.8.19.0001

Revista Consultor Jurídico, 11 de julho de 2012, 16h18

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/07/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.