Consultor Jurídico

Após cassação

Kakay diz que Demóstenes quer voltar ao MP

Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, advogado de Demóstenes Torres, disse que o  ex-senador quer voltar à Procuradoria da República de Goiás, onde é procurador licenciado. Segundo Kakay, Demóstenes tem condições legais de reassumir a sua função no Ministério Público. As informações são do portal R7.

Demóstenes Torres foi cassado no Senado na tarde desta quarta-feira (11), por 56 votos a 19 (e cinco abstenções), por quebra de decoro parlamentar. A cassação deixa o parlamentar inelegível até 2027.

O ex-senador foi acusado de ter atuado em favor do bicheiro Carlinhos Cachoeira no Congresso Nacional e de participar de um suposto esquema de exploração de jogos ilegais, que seria comandado pelo contraventor no Distrito Federal e em Goiás.

Segundo Kakay, por sua condição de procurador, Demóstenes continua com foro privilegiado. O processo corre agora no Tribunal de Justiça, mas Kakay confirma que a reclamação feita pela defesa ao Supremo Tribunal Federal, por usurpação da competência da corte, segue no STF.

Kakay afirmou que, a partir de agora, a defesa de Demóstenes ficou fácil, porque o ex-senador será julgado distante da esfera política, o que, na visão do advogado, elimina eventuais interesses que não os jurídicos. Demóstenes entrou no Ministério Público em 1983.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 11 de julho de 2012, 20h30

Comentários de leitores

4 comentários

Procurador de Justiça

Le Roy Soleil (Outros)

Demóstenes Torres é Procurador de Justiça de carreira, do Ministério Público do Estado de Goiás.

Se isso fosse um país sério...

Renato Dechichi (Outros - Consumidor)

O Senador Pedro Taques não faz parte do MPF, pois pediu exoneração para concorrer ao mandato pelo Estado de Mato Grosso.
Quanto ao ex-senador, a dúvida é simples: voltar ao trabalho no MP-GO ou sofrer as duras consequências de uma aposentadoria compulsória? Ou alguém acha que lhe aconteça algo de ruim nessa República de bananas?

correção da notícia

Liberdade sim e Estado se e somente se for necessário (Delegado de Polícia Estadual)

Demóstenes integra o Ministério Público de Goiás. Portanto, diferentemente do noticiado, ele não é Procurador da República (carreira do Ministério Público Federal - o senador Pedro Taques, por exemplo, integra o MPF), mas promotor ou procurador de justiça de GO.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 19/07/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.