Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Após cassação

Kakay diz que Demóstenes quer voltar ao MP

Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, advogado de Demóstenes Torres, disse que o  ex-senador quer voltar à Procuradoria da República de Goiás, onde é procurador licenciado. Segundo Kakay, Demóstenes tem condições legais de reassumir a sua função no Ministério Público. As informações são do portal R7.

Demóstenes Torres foi cassado no Senado na tarde desta quarta-feira (11), por 56 votos a 19 (e cinco abstenções), por quebra de decoro parlamentar. A cassação deixa o parlamentar inelegível até 2027.

O ex-senador foi acusado de ter atuado em favor do bicheiro Carlinhos Cachoeira no Congresso Nacional e de participar de um suposto esquema de exploração de jogos ilegais, que seria comandado pelo contraventor no Distrito Federal e em Goiás.

Segundo Kakay, por sua condição de procurador, Demóstenes continua com foro privilegiado. O processo corre agora no Tribunal de Justiça, mas Kakay confirma que a reclamação feita pela defesa ao Supremo Tribunal Federal, por usurpação da competência da corte, segue no STF.

Kakay afirmou que, a partir de agora, a defesa de Demóstenes ficou fácil, porque o ex-senador será julgado distante da esfera política, o que, na visão do advogado, elimina eventuais interesses que não os jurídicos. Demóstenes entrou no Ministério Público em 1983.

Revista Consultor Jurídico, 11 de julho de 2012, 20h30

Comentários de leitores

4 comentários

Procurador de Justiça

Le Roy Soleil (Outros)

Demóstenes Torres é Procurador de Justiça de carreira, do Ministério Público do Estado de Goiás.

Se isso fosse um país sério...

Renato Dechichi (Outros - Consumidor)

O Senador Pedro Taques não faz parte do MPF, pois pediu exoneração para concorrer ao mandato pelo Estado de Mato Grosso.
Quanto ao ex-senador, a dúvida é simples: voltar ao trabalho no MP-GO ou sofrer as duras consequências de uma aposentadoria compulsória? Ou alguém acha que lhe aconteça algo de ruim nessa República de bananas?

correção da notícia

Liberdade sim e Estado se e somente se for necessário (Delegado de Polícia Estadual)

Demóstenes integra o Ministério Público de Goiás. Portanto, diferentemente do noticiado, ele não é Procurador da República (carreira do Ministério Público Federal - o senador Pedro Taques, por exemplo, integra o MPF), mas promotor ou procurador de justiça de GO.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 19/07/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.