Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Medida Provisória

Senado rejeita poupança com prazo maior

O Plenário do Senado rejeitou emenda do deputado Bruno Araújo (PSDB-PE) à Medida Provisória 567/2012, que previa a criação de uma caderneta de poupança de longo prazo para depósitos de pessoas físicas com prazo maior que dois anos. A remuneração seria a mesma da poupança vigente antes da MP.

Os deputados já aprovaram o projeto de lei de conversão da comissão mista à MP, que muda a rentabilidade da caderneta de poupança se a meta da taxa Selic for fixada em 8,5% ao ano ou menos. Quando isso ocorrer, ela será remunerada com a variação da Taxa Referencial (TR) mais 70% da Selic.

Com o término da análise dos destaques, a matéria será enviada ao Senado. Com informações da Agência Senado.

Revista Consultor Jurídico, 5 de julho de 2012, 7h30

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/07/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.