Consultor Jurídico

Comentários de leitores

7 comentários

Ops!

Richard Smith (Consultor)

"inteligente" é claro (acho que deixei-me afetar pelo artigo!)!

E tem gente que se acha inteleigente (isso é que é pior!)...

Richard Smith (Consultor)

.
Mais uma sonora e vazia relinchada do articulista.

E tem gente que se acha....

JAV (Advogado Autônomo)

mais importantante que todos, pois querem a todo custo impor suas ideologias totalitaristas de forma autoritária: Eu mando, prendo e arrebento (faria inveja a qualquer militar nos anos de chumbo, tipo Costa e Silva ou Figueiredo).
.
Viva o bom e velho Estado Policial, "né"? Garantismo e Democracia não serve para nada. Só para previlegiar a boa e velha "esquerda brasileira" em ganhar ricas indenizações "capital" do Estado e permitir esquemas de mensalões, Deltas e etc.. afinal "é nóis mesmo que paga, mano".

Coitadistas penais, isso sim!

Helio Telho (Procurador da República de 1ª. Instância)

Coitadistas penais são arautos da impunidade, travestidos de garantistas.
Digo e repito: O coitadismo penal vai conduzir a volta da justiça pelas próprias mãos, onde advogados e tribunais são dispensáveis.
Aliás, graças à política do coitadismo penal, estamos importando bandidos, que vem para cá cometer crimes.
Confira a matéria:
http://g1.globo.com/jornal-da-globo/videos/t/edicoes/v/quadrilha-especializadas-em-roubar-bagagens-sao-flagradas-no-aeroporto-de-guarulhos/2027751/

Era assim também quando promotor ?

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

A pergunta que não quer calar: O missivista garantista/minimalista também pensava dessa forma quando exercia as funções de promotor de justiça na esfera penal ? Ou teria mudado de ideia após deixar o cargo, passando a ver as coisas por outro ângulo !!!

Afinal, querem o que?

Diogo Duarte Valverde (Advogado Associado a Escritório)

Afinal, querem o que? O Brasil tem leis muito mais brandas que qualquer país desenvolvido. Para começar, não conheço nenhum outro país que tenha pena máxima de 30 anos. O que mais esses garantistas desejam? Que seja previsto em lei que criminosos sejam tratados como monarcas? (P.S.: Conheço alguns que de fato possuem tal tratamento, mormente aqueles do "colarinho branco", mas isto distancia do tema um pouco)
.
O discurso hipergarantista brasileiro transmite a idéia de que aqui as leis são ultra-rígidas, entretanto, a realidade destoa muito do discurso. Sim, sei dos problemas, as cadeias são terríveis, há tratamento degradante, etc...entretanto, esses problemas não serão eliminados por intermédio do hipergarantismo que quer mesmo é a impunidade e o monopólio do pensamento jurídico. O hipergarantismo mais se assemelha a um modelo de conquista do poder e de controle do pensamento que a uma corrente protetora de direitos.

bode expiatório?

Prætor (Outros)

Como assim "bode expiatório"? O criminoso condenado cumpre a branda reprimenda prevista na lei brasileira por um fato cometido POR ELE! Não tem nada de "bode expiatório" de ninguém. Aliás, a grande "cabra expiatória" é a sociedade brasileira, que tem que suportar 50 mil homicídios por ano e, ainda, ouvir este discurso "garantista", cujo resultado prático é a impunidade.

Comentar

Comentários encerrados em 13/07/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.