Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ofensa a juíza

TJ concede liminar em favor da advogada Ana Lúcia Assad

O Tribunal de Justiça de São Paulo concedeu na última quinta-feira (28/7) liminar em favor da advogada Ana Lúcia Assad, que defendeu Lindemberg Alves no julgamento pelo homicídio de Eloá Pimentel. Ana Lúcia é acusada por crime contra a honra da juíza Milena Dias.

Na sentença de Lindemberg, condenado em fevereiro pelo crime, a juíza solicitou o envio de cópia dos autos para o Ministério Público, afim de que fossem tomadas providências contra a advogada. O motivo foi uma discussão entre as duas, em que a advogada disse a Milena que ela deveria "voltar a estudar".

Com a decisão, uma audiência prevista para acontecer na última sexta-feira (29/7), em que as partes seriam colocadas frente à frente para um possível acordo, não aconteceu.

A liminar foi impetrada pela Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo. Em maio, a 2ª Turma do Colégio Recursal Criminal de Santo André havia negado o pedido de habeas corpus, também feito pela OAB, para suspender o inquérito policial pela suposto infração da advogada Ana Lúcia.

Revista Consultor Jurídico, 1 de julho de 2012, 14h20

Comentários de leitores

19 comentários

Rossi vieira

acdinamarco (Advogado Autônomo - Criminal)

Meu querido otávio, nem perca tempo em se defender de pedradas que vêm de baixo. Eu o conheço bem e de longa data.
Como dizia meu velho pai,
"os cães ladram e a caravana passa".
Grande e fraternal abraço.
Dinamarco

O Tal

Brecailo (Advogado Autônomo - Consumidor)

Esse tal Pintar não passa de um nó cego. São revelações dantescas e vergonhosas, indignas do gênero humano a que pertencemos...Não fosse isso suficiente o Q.I. de ostra estragada não logrou, ao longo de todo o processado, articular compreensível e tecnicamente os fatos e fundamentos de suas pretensões – sejam elas quais forem.

Há mais sutilieza em peões do trecho

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Realmente, os ocupantes de cargos e funções na Ordem são bem abertos ao debate e a serem contraditados em seus pontos de vista...

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 09/07/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.