Notas Curtas

Juiz pede que advogada não mande estagiário despachar

Autor

18 de fevereiro de 2012, 6h21

Sem categoria

Spacca
Na última terça-feira (14/2), o juiz substituto Thiago Massao Cortizo Teraoka, da 2ª Vara Cível de Suzano (SP), se irritou quando viu que era o estagiário quem estava despachando, e não a advogada. "Peço, por favor, que, em caso que repute urgência, a advogada venha despachar e não mande o estagiário", escreveu no processo, à lápis: clique aqui para ver a anotação.

Renovação na corte
Em ritmo de ampliação dos trabalhos, quase metade dos equipamentos de informática das zonas eleitorais da Justiça Eleitoral do Rio de Janeiro já foram trocadas. "Ao todo foram instaladas 452 novas máquinas", conta o desembargador Luiz Zveiter, presidente do Tribunal Regional Eleitoral.

Registro de imóveis
Ainda no primeiro semestre deste ano, Pernambuco pretende ter três novos cartórios de registro de imóveis. A ideia é que sejam instalados em Olinda, Paulista e Petrolina. A proposta tem que ser aprovada pelo Tribunal de Justiça pernambucano e enviada para a Assembleia Legislativa, onde será transformada em lei.

Hoje, cada cartório dessas cidades arrecadada, todos os meses, R$ 207 mil — ou R$ 2,48 milhões ao ano.

Oportunidade de estágio
O TJ do Piauí aceita inscrições de candidatos a estágio remunerado até 6 de março. A taxa é de R$ 25. São, no total, 125 vagas para estudantes de Direito (a partir do 6º período), Administração, Arquitetura, Engenharia, Psicologia, Ciências Contábeis, Serviço Social e Informática. Mais informações aqui.

Quinteto fiscalizador
Cinco conselheiros federais da Ordem dos Advogados do Brasil foram escolhidos para fazer parte da Comissão Eleitoral Temporária. O grupo vai fiscalizar o cumprimento da legislação durante as eleições na entidade.

Quem preside é Ulisses Cesar Martins de Sousa, do Maranhão. Completam o quinteto Luiz Claúdio Silva Allemand, do Espírito Santo, Francisco Anis Faiad, do Mato Grosso, Orestes Muniz Filho, de Rondônia, e Manoel Bonfim Furtado Correia, do Tocantins.

Dois vice
Agora a Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getulio Vargas tem não uma, mas duas novas vice-diretorias. Uma é voltada para Ensino, Pesquisa e Pós-graduação, e a outra é Executiva. Os vice são, respectivamente, Sérgio Guerra e Rodrigo Vianna. O diretor-geral continua sendo Rodrigo Vianna.

Falou no Twitter
Já estão definidos os números dos candidatos a desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região (Paraíba) pelo quinto constitucional. Uma reunião na segunda-feira (13/2) também definiu quais mídias sociais poderão ser usadas na campanha, como Twitter e Facebook.

Os candidatos são Carlos Felipe Xavier Clerot; Paulo Antônio Maia e Silva; Hermano Gadelha de Sá; José Mário Porto Júnior; José Edísio Simões Souto; Flávia de Paiva Medeiros De Oliveira; Sérgio Marcelino Nóbrega De Castro; Leonardo José Videres Trajano; Severino do Ramo Pinheiro Brasil e Celestin Maurice Malzac.

A sabatina acontece em 28 de fevereiro, uma terça-feira.

Outros cinco
O Campos Mello Advogados ganhou cinco novos sócios, que vão cuidar de contratos e fusões de empresas brasileiras e estrangeiras. São eles: Leonardo Homsy (Tributário), Luis Antonio Menezes da Silva (Energia), Marcus Vinicius Bitencourt, Daniella Raigorodsky Monteiro e Eduardo Carreirão (Societário).

Com o acréscimo, a banca passa a ter 19 sócios.

Identidade visual
Com 25 anos de atuação, o Taunay & Rocha Advogados começa o ano com uma nova logomarca. "Queríamos manter a sobriedade e dar um visual mais moderno. Conseguimos esse resultado. Buscamos uma logomarca objetiva, clara e direta", conta um dos sócios da banca, o advogado Jayme Rocha.

Divulgação

Esse é o primeiro ano que a banca atua sob o nome Taunay & Rocha. Começou, em 1987, como Jayme Bastian Pinto & Taunay Advogados. Em 1998, tornou-se Taunay, Sampaio & Rocha. Agora, em 2012, nova mudança.

Autores

Tags:

Encontrou um erro? Avise nossa equipe!