Consultor Jurídico

Notícias

Greve da PM

TJ-BA suspende atividades por questão de segurança

O Tribunal de Justiça da Bahia suspendeu, nesta segunda-feira (6/2), o expediente no TJ e no Fórum Criminal de Sussuarana. O motivo, segundo aviso publicado no site da corte, é questão de segurança. Os policiais militares do estado estão em greve desde a última quarta-feira (1º/2). Desde a semana passada, eles ocupam a Assembleia Legislativa bahiana. O TJ fica ao lado da Assembleia, no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

De acordo com o portal G1, cerca de 600 homens do Exército, além de 40 agentes do Comando de Operações Táticas isolam a área, nesta segunda-feira, na tentativa de garantir a livre circulação e o funcionamento do CAB. Os policiais militares reivindicam reajuste salarial. O governo do estado ofereceu reajuste de 6,5% a partir do dia 1º de janeiro aos PMs em greve. O líder do policiais militares, Marcos Prisco, disse que a categoria rejeitou a proposta.

Na sexta, por ordem judicial, a Associação dos Policiais, Bombeiros e dos seus Familiares do Estado Bahia (Aspra) foi fechada. No sábado, mandados de reintegração de posse foram expedidos e cumpridos pela Polícia Militar para que viaturas, em poder dos manifestantes, fossem recuperadas pela Secretaria de Segurança Pública do estado. Os veículos foram levados para o Departamento de Apoio Logístico.

Desde o início da greve, o número de homicídios em Salvador e região metropolitana aumentou 129% em comparação ao mesmo período da semana anterior. 

Revista Consultor Jurídico, 6 de fevereiro de 2012, 15h14

Comentários de leitores

2 comentários

Planejamento e execução

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Todos sabem que a ideia básica do chamado Partido dos Trabalhadores é esfacelar a República Federativa do Brasil. E nisso, estão sendo bastante eficazes.

PT E A ANARQUIA

Valdecir Trindade (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Lamentavelmente o PT é exatamente isso que estamos presenciando na Bahia: anarquia. O Sr. Jaques Wagner, a Sra Dilma e o Sr. Lula são os principais responsáveis pela deflagração dessa greve, pois é deles a ideologia da quebra da ordem. Lembro muito bem quando o Fernando Henrique era o presidente. Os petistas usavam toda sua parafernalia de som e de mobilização (CUT etc) para açular os movimentos paredistas de servidores públicos contra o governo, até mesmo os da área de segurança pública. Agora saia dessa Jaques Wagner. E, por favor, sem derramamento de sangue, pois se isso ocorrer você deverá ser responsabilzado.

Comentários encerrados em 14/02/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.