Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Invasão de e-mails

Hacker pega dez anos de prisão por divulgar fotos

O homem que invadiu o e-mail de Scarlett Johansson e publicou fotos da atriz nua foi condenado a dez anos de prisão nesta segunda-feira (17/12) em Los Angeles (EUA). A corte de Los Angeles também condenou Christopher Chaney a pagar uma indenização de 76 mil dólares a Johansson, Christina Aguilera e Renee Olstead, que integram um grupo de dezenas de pessoas que tiveram e-mails invadidos pelo hacker. As informações são do Terra.

Chaney, que a princípio se declarara inocente, foi detido em outubro de 2011, após uma investigação do FBI que durou um ano e ficou conhecida como "Operação Hackerazzi". Chaney se declarou culpado em março, após um acordo com a promotoria, e se livrou de uma pena de até 121 anos de prisão por 26 crimes, incluindo invasão e dano a computadores, escutas ilegais e roubo de identidade.

Segundo a investigação, Chaney entrou nas contas de e-mail de pessoas famosas entre novembro de 2010 e outubro de 2011, tempo em que transitou livremente por suas mensagens, contatos e fotos íntimas, entre elas as de Scarlett.

O hacker foi detido por agentes do FBI em outubro do ano passado, após 11 meses de investigação sobre ataques a e-mails de quase 50 figuras da indústria do entretenimento, incluindo muitas jovens estrelas.

Revista Consultor Jurídico, 18 de dezembro de 2012, 13h32

Comentários de leitores

1 comentário

País sério é outra coisa.

J.Henrique (Funcionário público)

País sério é outra coisa.

Comentários encerrados em 26/12/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.