Consultor Jurídico

Notícias

AP 470

PT não irá punir filiados condenados na AP 470

Comentários de leitores

7 comentários

Organização criminosa

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Se filiados a um partido político foram condenados com sentença definitiva por práticas criminosas consideradas como graves, e não são expulsos, só posso admitir que esse partido é na verdade uma organização criminosa.

tristeza

Servidor estadual (Delegado de Polícia Estadual)

É triste ver este tipo de corporativismo aflorecer. Demonstra pouco afeto à democracia, pois não se pode aplaudir uma Corte apenas quando suas decisões são favoraveis. No tocante a peda do mandado é o preço de se querer dizer demais numa Constituição, prolixa, exagerada, que deu tantos poderes aos parlamentares que nos sentimos diante de Deuses, que podem, inclusive, conceder o auto perdão.

pois é

Ricardo A Fronczak (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Não me recordo o autor, mas a frase vem a calhar: "O PT era um partido de presos políticos, e agora é um partido de políticos presos....."

A farsa continua!!!

Observadordejuris (Defensor Público Estadual)

E quem, em sã consciência, esperava que o PT, o partido que vestiu por muito tempo a máscara de vestal da moralidade, fosse punir os criminosos condenados do mensalão? O PT de Rui Falcào et caterva só pune filiados que não aderem ao seu insidioso esquema de malfeitorias. Aos bandidos, os louros, aos renitentes, o couro. Esse é o lema vil que os conduz!

Cassação de mandatos

Antonio Carlos Novaes (Outros)

Não é constitucional legislar em causa própria, por essa razão, iniciativa popular ou plebicito devem ser o caminho para resolver esse tipo conflito. A muito tempo nossos representantes não representam os nossos anseios.

"... falta a comprovação de um 'crime infamente'..."

alvarojr (Advogado Autônomo - Consumidor)

"...consideramos que não houve compra de votos..."
Para esse tipo de gente (e para os comentaristas Armando do Prado/Robespierre e Pefer) nunca haverá comprovação independente dos elementos de prova que lhes sejam apresentados. Sempre haverá uma explicação mirabolante e espetacular para tudo que lhes seja desfavorável.
Já que o cacique petista afirma que sua corja considera que não houve compra de votos, relembro para os leitores deste Conjur a memorável fala do ministro Marco Aurélio ao interromper o voto do revisor da AP 470 pela absolvição de José Genoíno: "... a maioria de nós entende que não houve SUPOSTA compra de votos."

os cães raivosos começam a ladrar .

hammer eduardo (Consultor)

Não era de se esperar muito desta verdadeira QUADRILHA de bandidos chamada de PT , algo por comparação muito mais perigoso que a junção do PCC com o Comando Vermelho do Rio de Janeiro.
Como aquela agremiação marginal que se dauto denomina partido tem seus membros em posições definidas , este patetico BOÇAL chamado de rui falcão ficou escalado para "ladrar" em publico como sempre com a cobertura leniente do STF que deveria dar algum tipo de "passa menino" Juridico nele ja que na moita esta agindo de forma desafiadora contra a Corte maior de nosso Paiszinho bem vagabundo por sinal.
O tal "regulamento interno" deles realmente é letra morta pois terminam fazendo sempre o que querem ignorando a tudo e a todos , inclusive ao que eles mesmo escrevem ( os poucos que sabem fazer isso , é claro.....) numa atitude que bem serve de cartão de visitas para seus desejos ditatoriais. Alias por falar nisso , quando se junta esta "malta" do PT , alguem tem sempre que vir atras e puxar a descarga pois o que sai é sempre digno daquele reconhecido "recipiente de louça" , a ultima deles foi a "moção" de apoio para aquela patetica botoxiada e deformada viuva profissional que DES-governa a Argentina e no momento conduz uma campanha medieval para botar uma focinheira definitiva na midia , algo que os marginais de estrelinha no peito por aqui sonham dia e noite chegando a orgasmos delirantes.
Pobre Pais o nosso que em nome de uma Democracia meia-boca tem que aturar estas matilhas de ladrões hidrofobos a ameaçar a nossa fragil democracia.

Comentar

Comentários encerrados em 17/12/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.