Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Informações faltantes

TRF-1 suspende processo contra Carlinhos Cachoeira

O processo envolvendo o empresário Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, referente às investigações da operação Monte Carlo, da Polícia Federal, foi suspenso até que as companhias telefônicas, responsáveis por linhas que foram grampeadas pela PF, forneçam informações solicitadas.

A decisão foi do desembargador Tourinho Neto, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região. De acordo com a decisão, as companhias devem fornecer extratos telefônicos e identificação de quando e quais dados foram acessados a partir da senha fornecida aos policiais federais para o grampeamento das chamadas.

Até que essas informações sejam incluídas nos autos, o juiz responsável pelo caso, Alderico Santos, não poderá tomar nenhuma decisão. Carlinhos Cachoeira está preso desde o dia 29 de fevereiro. Com informações da Agência Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 31 de agosto de 2012, 20h19

Comentários de leitores

1 comentário

Vamos prender quem grampeou

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Pela interpretação das leis penais, o crime maior, no mais das vezes, absorve o menor. Neste caso, o que Cachoeira fez ou deixou de fazer é irrelevante se confrontado com a 'escuta ilegal'-crime hediondo- Quem ouve o que quer, responde pelo que não quer. Deixemos o Cachoeira em paz; culpados são os que o apuraram, neste país da contra-mão.

Comentários encerrados em 08/09/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.