Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Valorização da Justiça

Magistrados aprovam investimento em comunicação

O Poder Judiciário vai investir na área de comunicação para divulgar as atividades dos magistrados. Esta é uma das propostas aprovadas, durante um evento, para valorizar a imagem do Judiciário e dos juízes e suas condições de trabalho. O encontro regional Centro-Oeste do Programa Valorização dos Magistrados: Juiz Valorizado, Justiça Completa, do Conselho Nacional de Justiça, teve discussões em quatro grupos de Trabalho, na semana passada. Entre as propostas aprovadas, estão a valorização da carreira da magistratura com uma política remuneratória nacional; garantia orçamentária para execução de planejamento estratégico e investimentos na saúde do trabalho de magistrados e servidores.

Outras propostas são resgate motivacional da carreira; preparo dos magistrados para a aposentadoria; participação das escolas nos encontros e projetos de qualidade de vida dos magistrados; capacitação, pelo CNJ, de magistrados para relacionamento com a imprensa; articulação, pelo CNJ, da ida de magistrados a programas de rádio e TV; e inclusão dos servidores no programa de valorização.

O presidente do Tribunal de Justiça de Goiás, desembargador Leobino Valente Chaves, afirmou que o CNJ, ao lançar o programa, demonstra que não está atento apenas ao cumprimento de metas por juízes e desembargadores, mas também ao aspecto social e psicológico desses profissionais. “Os magistrados se sentem mais valorizados porque eles, pelo menos, têm um apoio. É preciso que o juiz não se sinta só. O juiz é um ser humano, que às vezes precisa ter uma certa paternidade também. E, nesse caso, o Conselho Nacional de Justiça está se prestando a esse papel, de auxiliar, de reforçar o juiz, não só no desenvolvimento do trabalho, mas também com as condições psicológicas, condições de proteção contra a violência e todas as situações em que esse apoio se mostra necessário”, afirmou o desembargador Leobino Chaves.

O programa Valorização dos Magistrados: Juiz Valorizado, Justiça Completa já foi apresentado a magistrados das regiões Sul e Sudeste, nas cidades de Florianópolis (SC) e Belo Horizonte (MG), respectivamente. Os magistrados das regiões Norte e Nordeste são os próximos a receber o programa, que busca melhorar a imagem do Judiciário junto à sociedade e discutir formas de melhorar as condições de trabalho da categoria.

Nesses encontros, os magistrados apresentam críticas e sugestões, que poderão basear atos administrativos do CNJ destinados a melhorar a imagem do Judiciário e as condições de trabalho da magistratura. Após percorrer todas as cinco regiões brasileiras, o programa do CNJ será objeto de um seminário nacional, com participantes de unidades do Judiciário de todo o país. Com informações da Agência CNJ de Notícias.

Revista Consultor Jurídico, 28 de agosto de 2012, 10h04

Comentários de leitores

4 comentários

Mais valorização ? Em troca do que ?

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Se valorizar mais, vão incorrer no tão 'exorcizado' 'ENRIQUECIMENTO SEM CAUSA' , axioma por eles mesmos defendidos quando se trata de DAR ALGO AOS OUTROS, EM ESPECIAL QUANDO ARBITRAM OS NOSSOS HONORÁRIOS. Será que vai haver também a divulgação disso, para que não se cometa mais um delito ; 'PROPAGANDA ENGANOSA' ?

O que melhora imagem são atos justos!

Marcelo Bona (Outros)

?????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????? Confesso que não entendi! Desde quando é a comunicação que muda imagem?

Pq n investir em estrutura material e humana

DBS (Assessor Técnico)

Pq n investir em estrutura material e humana, qualificando seus servidores para que estes prestem um melhor serviço? Ou fazer mais concurso spara que haja mais servidores e Magistrados, desafogando a nossa Justiça Exce Lentíssima?
Creio que esse investimento realmente iria melhorar a imagem do Poser Judiciário. O que adianta o cidadão assistir em casa muita propaganda bonita mas ter um processo na Justiça que dura anos, senão décadas?

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 05/09/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.