Consultor Jurídico

Denúncias rejeitadas

MPF vai recorrer de decisão sobre questões do Enem

O Ministério Público Federal no Ceará informou, na sexta-feira (3/8), que vai recorrer da decisão da Justiça Federal do estado que recusou denúncia contra quatro dos cinco acusados pelo vazamento de questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A denúncia envolvia duas pessoas do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), uma da Cesgranrio e dois funcionários do Colégio Christus. A Justiça Federal do Ceará aceitou a denúncia apenas contra um dos funcionários da escola.

A denúncia foi apresentada pelo MPF no dia 8 de março. Além de responsabilizar os cinco pelo vazamento das questões da prova, o órgão também quer que o Inep seja intimado a apresentar todo o material do pré-teste usado em Fortaleza. A Procuradoria acredita que outras pessoas estiveram envolvidas no vazamento.

"A conclusão a que o MPF chegou é que o vazamento somente ocorreu e provavelmente ocorrerá pela vulnerabilidade do sistema no seu aspecto de deficiência da composição do Banco Nacional de Itens (BNI) que viola totalmente a metodologia que regulamenta a aplicação correta e segura do Enem",explica a procuradora da República Maria Candelária de Di Ciero, responsável pelo caso no MPF cearense. As informações são da assessoria de imprensa do MPF no Ceará.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 4 de agosto de 2012, 16h57

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/08/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.