Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

Entretenimento às massas

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Na verdade, prezado JPLima (Outro), o "Jornal Nacional" tem é "requentado" a mesma notícia, todos os dias. Repare bem, e verá que os supostos dialógos que supostamente indicam um esquema criminoso são sempre os mesmos, repetidos e inseridos de acordo com o contexto que o jornalista quer. Não seria difícil, usando o mesmo método, "demonstrar" que Hitler ganhou a Segunda Guerra, e que Jesus Cristo matou Judas. Tudo isso é feito com um único fim: desviar a atenção do povo em relaçao a ação do "Mensalão".

Justiça x segredo x imprensa???

JPLima (Outro)

Será que alguém pode me informar qual é o motivo do segredo de justiça nesse processo? O Jornal Nacional todo dia vem com uma notícia nova nesse caso. Qual é o segredo heim? O Brasil é muito engraçado: em um dia o branco briga com o preto, no outro dia por unanimidade, ou seja tanto o branco como o preto, são favoráveis a uma discriminação por "quota racial". Neste caso nós temos uma autoridade do Judiciário pregando segredo de justiça, mas o Jornal Nacional todo dia tem uma gravação nova no ar. Qual é o segredo heim? Que p.... País é esse?

Vários tentáculos cachoeirais

Ricardo Cubas (Advogado Autônomo - Administrativa)

Essa CPMI tem tudo para conter, limitar e suprimir os fatos que deveriam ser apurados a fundo.
.
Segundo consta, Carlos Cachoeira participa do quadro societário de 59 empresas. Essas empresas atuam em 27 segmentos, sendo que as principais áreas de atuação são: a) loterias, máquinas de caça-níqueis e bingos; b) construção civil e empreendimentos imobiliários; c) limpeza urbana e segurança; d) imprensa, mídia e eventos; e) medicamentos.
.
Enfim, são áreas que envolvem contratos de bilhões de reais em aplicação de recursos públicos e que são as campeãs de ocorrências de irregularidades.
.
Agora, se sabe que partiu ordem do governo para limitar as investigações a apenas UMA empresa, a Delta. Só pode ser piada. Conforme se verifica, as "organizações cachoeira" têm diversos tentáculos e que deveriam ser investigados nos mesmos moldes da empresa Delta.
.
Se isso for feito, aí a CPMI vai chegar a vários parlamentares de diversos partidos. Aliás, já foi noticiado que um quarto dos integrantes da CPMI está com problemas na justiça.
.
Agora, o mais importante não seria investigar todas as 59 empresas de Cachoeira e seus braços direitos e testas de ferro. O mais importante é mapear o sistema CNPJ da Receita Federal e descobrir quantos e quais são os demais "cachoeiras" que atuam no Brasil.
.
Essa informação seria importantíssima para futura atuação policial, ministérios públicos e órgãos de controle. Com a atual tecnologia existente, é muito fácil fazer esse mapeamento. Aí sim, algo de útil poderia ser gerado por essa CPMI. Lamentavelmente, dada a força de nossa podre classe corruptolis, isso jamais será objeto de persecução.
.
Por essas e outras é que digo e repito: "No Brasil, a carga tributária é alta porque a corrupção é estratosférica".

Entretenimento às massas

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

A CPI deveria se chamar "Comissão Para Desviar a Atenção da Prescrição da Ação Penal do Mensalão".

Cada hora uma posição....

ius (Advogado Autônomo - Civil)

A limitação de acesso da imprensa imposta pelo STF à CPMI não é compatível com anterior posição do Ministro Ricardo Lewandowski:
O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ricardo Lewandowski, afirmou ontem que a imprensa é “absolutamente livre” e defendeu a decisão do TRE-TO, que derrubou a censura:
— A imprensa é absolutamente livre para publicar o que bem entender para informar à população. É até dever da imprensa fazer isso.
http://www.aarffsa.com.br/noticias1/28091006.html

Comentar

Comentários encerrados em 5/05/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.