Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Bullying escolar

Música de Tiririca faz garoto mudar seu nome

Por 

Um jovem de 17 anos poderá retirar de seu nome a palavra Florentino pela semelhança com a música Florentina, do humorista e deputado Tiririca. De acordo com o relator do processo que concedeu o direito ao jovem, desembargador João Pazine Neto, da 3ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, “é fato notório e público que o nome ‘Florentino’ faz parte do repertório de uma música do humorista ‘Tiririca’, música esta de caráter cômico, destinada à zombaria e gracejo que em nada dignifica o sobrenome mencionado".

Ele procurou a Justiça para ver retirado de seu nome a palavra que foi herdada de sua avó materna. De acordo com o processo, a psicóloga da escola em que o jovem estuda identificou caso de bullying, já que os colegas dele fazem gozações por causa da semelhança de sue nome com a música.

Para o relator do pedido, o fato de Tiririca ter ganhado mais visibilidade na mídia, após ter sido eleito deputado federal, prejudica ainda mais a situação do garoto, caso o seu nome seja mantido. “ O humorista está mais popular do que nunca, pois como também é público e notório, candidatou-se ao cargo de deputado federal fazendo uma campanha também à moda de zombaria e foi o mais votado dos parlamentares. Ora, evidente, que tudo isso só faz aumentar o gracejo cruel dos jovens em época”.

Para o desembargador, o fato do garoto estar na adolescência e em fase escolar agrava o quadro, pois “a zombaria pode causar graves danos à sua personalidade, devendo, portanto, ser reprimido qualquer fato que possa potencializar a zombaria da escola a lhe causar constrangimentos”.

Concluiu Pazine Neto que “as conseqüências para as vítimas desse fenômeno são graves e abrangentes, promovendo no âmbito escolar o desinteresse pela escola, o déficit de concentração e aprendizagem, a queda do rendimento, o absentismo e a evasão escolar. No âmbito da saúde física e emocional, a baixa na resistência imunológica na auto-estima, o stress, os sintomas psicossomáticos, transtornos psicológicos, a depressão e o suicídio”. 

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 24 de abril de 2012, 14h55

Comentários de leitores

2 comentários

Como faço para 'inserir' no meu nome ?

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Ao contrário, eu vou ver se consigo 'inserir' a Florentina no meu sobrenome. Se um sujeito analfabeto, totalmente inapto para qquer. coisa (até fazer graça); com dois neurônios (sendo que um está afastado por licença médica)ainda assim conseguiu se eleger deputado federal, para ajudar a reger os destinos de 195 milhões de brasileiros, com a maior votação até hoje, ganhando fácil seus 50 mil/mês (entre os por dentro e os por fora), mais os infinitos auxílios que beneficiam os parlamentares, com certeza 'esse é o cara' na mais ampla acepção do termo (é uma cara sem cérebro). Infeliz desse garoto. Devia se sentir honrado por levar no nome o tema de uma 'música' desse palhaço; o mais novo milionário do país.

sugestão

Leneu (Professor)

use o nome antigo para se lançar como vereador nestas eleições, e explica para o povo para que serve.

Comentários encerrados em 02/05/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.