Consultor Jurídico

Notícias

Competência restrita

TSE nega atribuições eleitorais a juízes federais

Comentários de leitores

6 comentários

Bons corações

Ed Gonçalves (Bacharel)

Fico comovido com o interesse dos juízes federais de diminuir a carga de trabalho dos juízes de direito investidos na função eleitoral. Realmente, isso é que é solidariedade para com o próximo. Parabéns, magistrados federais.

Sem remuneração

BronhaMatinal1 (Professor)

Se a justiça eleitoral é justiça tipicamente federal, os juizes federais, se exercecem jurisdição eleitoral não poderiam receber qualquer gratificação, pois estariam executando funções típicas.
A gratificação para os juizes estaduais se justifica na medida em que estão executando atribuição atipica.

só de olho no bolso, MESMO!

Prætor (Outros)

É assombroso perceber que os juízes federais insistam em buscar uma "interpretação" da Constituição Federal que alude, explicitamente, aos "juízes de Direito" como os exercentes do cargo de juiz eleitoral.
Mais ainda, que não se importam, em absoluto, em descarregar nas costas da Justiça Estadual, milhões de ações previdenciárias e de execução fiscal afetas à competência federal, inviabilizando a própria jurisdição estadual.
É o fim da picada.

Intere$$e

Johnny1 (Outros)

Se a Justiça eleitoral não fosse remunerada, essa questão sequer seria cogitada.
Como bem disse a Analucia, vão resolver as milhares de ações que entopem a Justiça Federal e não andam de jeito nenhum.

Só pensam no dinheiro

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Ué, não estão assoberbados de trabalho? Porque ampliar ainda mais a competência? O título do comentário da analucia (Bacharel - Família) diz tudo.

estão preocupados apenas com o BOLSO

analucia (Bacharel - Família)

AFinal, por qual motivo também não lutam para retirar da justiça estadual as execuções fiscais federais e as ações contra o INSS.
a Justiça Federal é um monstrengo que existe em apenas sete países no mundo, e melhor que fosse extinta no Brasil.

Comentar

Comentários encerrados em 11/04/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.