Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Luto no Direito

Morre o ex-ministro mexicano Jorge Carpizo McGregor

Morreu no dia 30 de março o professor, político e ex-ministro mexicano Jorge Carpizo McGregor depois de uma complicação em operação de hérnia. Além dos vários cargos acadêmicos que desempenhou, Jorge Carpizo, constitucionalista que tinha doutorado em Direito, ocupou várias funções políticas a partir de 1993. Entre elas, a de procurador-geral da República, secretário do Interior e de embaixador na França. Nesta segunda-feira (2/4), ele completaria 68 anos.

Autor de 21 livros e vencedor de vários prêmios, Jorge Carpizo McGregor começou na Universidad Nacional Autonoma de Mexico (UNAM). Também foi reitor da mesma universidade de 1986 a 1987. Ao concluir seu cargo de reitor da UNAM, foi nomeado ministro do Supremo Tribunal da Nação.

Ele participou de 112 conferências jurídicas no México e em outros países. E ainda de 150 conferências em instituições acadêmicas do México, Alemanha Argentina, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, França, Guatemala, Itália, Suécia e Uruguai, entre outros países. Também fez mais de 100 palestras ao redor do mundo. Escreveu mais de 80 artigos e mais de 500 trabalhos para revistas especializadas.

Recebeu 96 prêmios e distinções. Entre elas, estão: o Prêmio de Pesquisa em Ciências Sociais da Academia de Pesquisa Científica do México (agora a Academia Mexicana de Ciências ) em 1982, a Medalha Henri Capitant da França, a nomeação de Mestre Honorário da Universidade Autônoma de Queretaro, a Fellowship Eisenhower, os doutoramentos honoris causa de universidades na Colômbia Externado, de Campeche Autónoma, Tel-Aviv , Escola Califórnia ocidental da Lei, da Complutense de Madrid, em Colima, de Calgary, no Canadá, de Xalapa e região de Chiapas, os direitos humanos prêmios "Continental" e "René Cassin" e a Medalha Mérito Constitucional do Senado, entre outros. A biblioteca do Instituto de Investigações Jurídicas da UNAM leva seu nome.

Veja algumas de suas obras:

  • La Constitución de Querétaro , tesis de licenciatura. A Constituição da tese de Queretaro.
  • La Constitución Mexicana de 1917 (1969) A Constituição mexicana de 1917 (1969)
  • Federalismo en Latinoamérica (1973) O federalismo na América Latina (1973)
  • El presidencialismo mexicano (1978) Presidencialismo mexicano (1978)
  • Estudios constitucionales (1980) Estudos Constitucionais (1980)
  • Las experiencias del proceso político constitucional en España y México (1980) As experiências do processo político constitucional na Espanha e no México (1980)
  • Mario de la Cueva (1981) Mario de la Cueva (1981)
  • La UNAM hoy y su proyección al futuro: Una biografía de las ideas de Jorge Carpizo, rector . A UNAM hoje e sua projeção para o futuro: A Biography das idéias de Jorge Carpizo, reitor. (1987) (1987)
  • Derecho constitucional (1991) Direito Constitucional (1991)
  • Derechos humanos y ombudsman (1993) - Direitos Humanos e Provedor de Justiça (1993)
  • Problemas actuales del derecho constitucional: Estudios en homenaje a Jorge Carpizo (1994)  Temas atuais do Direito constitucional: estudos em homenagem a Jorge Carpizo (1994)
  • Derecho a la información y derechos humanos (2000) Direito à Informação e Direitos Humanos (2000)
  • El expediente Posadas a través de la lupa jurídica: Averno de impunidades (2004) O caso Posadas através da lente legal: a impunidade Averno (2004)
  • Derechos humanos, aborto y eutanasia (2010) Direitos humanos, aborto e eutanásia (2010)

Com informações de Diário Digital/Lusa e Wikipédia

Revista Consultor Jurídico, 2 de abril de 2012, 9h53

Comentários de leitores

1 comentário

epitafio

Leneu (Professor)

Vaya con Dios

Comentários encerrados em 10/04/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.