Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Advocacia no Brasil

Pesquisa aponta Pinheiro Neto como o escritório do ano

Por 

O Pinheiro Neto Advogados completa 70 anos no próximo ano, mas já recebeu nesta quinta-feira (29/9) o seu presente. Foi eleito o queridinho dos brasileiros pelo ranking feito pela britânica Chambers & Partners. O escritório foi considerado o melhor e mais completo do país em 2011. No ano passado, a mesma publicação elegeu o Pinheiro Neto como o escritório do ano de toda a América Latina.

Além do Pinheiro Neto, fazem parte do top cinco de escritórios do ano: TozziniFreire Advogados; Veirano Advogados; Machado, Meyer, Sendacz e Opice; e o Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. A festa de premiação aconteceu na noite desta quinta-feira em Miami, nos Estados Unidos, e reuniu os maiores nome do Direito de toda a América Latina.

A Chambers & Partners é uma editora inglesa que há mais de 20 anos publica guias anuais com os escritórios de advocacia mais requisitados. A pesquisa é feita a partir de entrevistas com as empresas clientes dos serviços jurídicos dentro do mundo dos negócios. São elas que apontam quais os escritórios consideram mais bem preparados e confiáveis em cada área. De acordo com a publicação, são milhares de entrevistas por ano.

No Brasil, a publicação desfruta de uma grande credibilidade. Suas premiações anuais são acompanhadas com ansiedade por boa parte dos advogados. A deste ano destaca o constante crescimento do Brasil e dos escritórios de advocacia, enquanto boa parte do mundo tenta sobreviver à crise econômica.

Serviço completo
A Chambers & Partners retrata o mercado da advocacia brasileiro como dominado pelos escritórios full-service, que são aqueles que fazem barba, cabelo e bigode, e por aqueles altamente especializados. Os guias são divididos em 24 áreas dentro do Direito Empresarial, entre eles tributário, arbitragem, meio ambiente, falências e trabalho. Em cada uma, são apontados os escritórios considerados os melhores pelas empresas.

Dessas 24 áreas, o Pinheiro Neto é citado como destaque em 20, sendo que em 15 ele está no grupo das três ou quatro melhores firmas. Só em quatro áreas o escritório não figura entre os tops, a saber: navegação, telecomunicações, Direito Público e mercado de investimentos florestais.

No ranking dos melhores e mais completos, em segundo lugar ficou o TozziniFreire Advogados, que também aparece como destaque em 20 áreas, seis delas como um dos melhores. Completam o ranking o Veirano Advogados, que aparece em 18, em três entre os melhores; Machado, Meyer, Sendacz e Opice, citado em 17 áreas, em nove como um dos tops; e o Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados, com 14 citações, sendo quatro como um dos melhores.

Veja abaixo os escolhidos como os melhores em algumas áreas, em ordem alfabética, e aqui a parte referente ao Brasil do guia 2011 da Chambers & Partners:

Arbitragem
— L.O. Baptista Advogados
— Pinheiro Neto Advogados
— Sérgio Bermudes Advogados
— Wald e Associados Advogados

Falências
— Felsberg, Pedretti e Mannrich Advogados
— Pinheiro Neto Advogados
— Renato Mange Advogados Associados

Meio ambiente
— Demarest e Almeida
— Milaré Advogados
— Pinheiro Neto Advogados

Trabalho
— Mailet Advogados Associados
— TozziniFreire Advogados

Tributário
— Lefosse Advogados
— Machado, Meyer, Sendacz e Opice
— Mariz de Oliveira e Siqueira Campos
— Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados
— Pinheiro Neto Advogados
— Ulhôa Canto, Rezenda e Guerra Advogados
— Xavier Bernardes e Bragança

 é correspondente da revista Consultor Jurídico na Europa.

Revista Consultor Jurídico, 30 de setembro de 2011, 7h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/10/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.