Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Texto atualizado

Projeto de nova CLT chega à Câmara dos Deputados

O deputado João Dado (PDT-SP) deu entrada nesta quinta-feira (15/9), na Câmara dos Deputados, ao Projeto de Lei 2.322/2011, que atualiza a redação da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) na parte que dispõe sobre os órgãos da Justiça do Trabalho. O texto apresentado é resultado do trabalho da comissão temporária que se reuniu em maio deste ano, durante a semana em que o TST parou para apresentar propostas de atualização da CLT.

As alterações contemplam principalmente a terminologia ainda existente na CLT para designar os órgãos da Justiça do trabalho. Na exposição de motivos apresentada pela comissão ao ministro João Oreste Dalazen, presidente do TST, em julho deste ano, os ministros Carlos Alberto Reis de Paula, que a presidiu, Ives Gandra Filho e José Roberto Freire Pimenta observaram que várias alterações na estrutura da Justiça do Trabalho foram introduzidas por emendas constitucionais e leis posteriores a 1943, quando foi criada a CLT.

Entre elas, destacaram a extinção da representação classista pela Emenda Constitucional 24/1999 e a ampliação da competência da Justiça do Trabalho pela Emenda Constitucional 45/2004. Além disso, as modificações trazidas pela informatização dos procedimentos judiciais tornaram obsoletas várias das atribuições previstas na CLT para as secretarias de órgãos judicantes de todos os graus de jurisdição. Tais argumentos foram adotados pelo deputado João Dado na justificativa apresentada à Câmara juntamente com o texto do projeto de lei. Com informações da Assessoria de Imprensa do TST.

Clique aqui para ler o projeto de lei.

Revista Consultor Jurídico, 16 de setembro de 2011, 7h29

Comentários de leitores

1 comentário

nada...

Marcelo Augusto Pedromônico (Advogado Associado a Escritório - Empresarial)

Ou seja, muda, muda, e nada muda.
O que é preciso, não é feito.
Alterações nas relações de trabalho não são interessantes. "Estranhamente", é sabido que se trata de ponto fundamental, setor, ministérios e inúmeras repartições e sindicatos, por onde passa o dinheiro de verdade.

Comentários encerrados em 24/09/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.