Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Danos Reais

Crimes cibernéticos custam bilhões

A cibercriminalidade custou 114 bilhões de dólares e afetou 431 milhões de pessoas em 2010, segundo um informe publicado nesta quarta-feira (7/9) pela Symantec, fabricante de um programa antivírus. Segundo o Informe sobre Crime Cibernético da empresa, que produz o antivírus Norton, 74 milhões de pessoas nos Estados Unidos foram vítimas de crimes informáticos no ano passado, o que supõe US$ 32 bilhões em perdas financeiras diretas.

Segundo o informe, são considerados crimes cibernéticos os vírus de computador; bullying online; quando um hacker entra em sua rede social e fingi que é você; ser assediado por alguém indesejado; cartão de crédito fraudado; entre outras atitudes.

O custo do crime cibernético alcançou os US$ 25 bilhões de dólares na China, enquanto no Brasil chegou a US$ 15 bilhões e na Índia a US$ 4 bilhões, indicou o relatório. Segundo a Symantec, mais de dois terços dos internautas adultos (69%) foram vítimas de crime cibernético em algum momento de suas vidas, o que resulta em mais de um milhão de vítimas do cibercrime por dia.

O informe destacou também a crescente ameaça do cibercrime nos telefones celulares. Cerca de 10% dos adultos online foram vítimas de cibercrime em seus telefones celulares e o número de novas vulnerabilidades no sistema operacional móvel aumentou de 115 em 2009 para 163 em 2010. Para a pesquisa, foram realizadas entrevistas com cerca de 20 mil pessoas em 24 países, disse a Symantec. Com informações da Agência France-Presse

Revista Consultor Jurídico, 9 de setembro de 2011, 4h16

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 17/09/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.