Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Inscrições gratuitas

TRT-SC promove curso sobre processo eletrônico

Os advogados trabalhistas que atuam na região de Joinville vão ter a chance de tirar suas dúvidas sobre o processo eletrônico. Acontece nos dias 23 e 24 de setembro, no auditório da Sociesc/Joinville, o curso "Acesso ao processo eletrônico na Justiça do Trabalho, promovido pela Associação Catarinense dos Advogados Trabalhistas, com o apoio do TRT-SC, da OAB (estadual e subseção de Joinville) e da Sociesc. As inscrições são gratuitas.

O principal motivo que já levou mais de 200 advogados a se inscreverem no curso é o início do funcionamento do Provi, a partir de 1º de outubro, na jurisdição de Joinville — seis dias após o curso. Provi é o processo eletrônico da Justiça do Trabalho, que tramita totalmente em ambiente virtual, sem papel.

A intenção dos organizadores é que o curso ensine, na prática, como lidar com o processo eletrônico. Por isso, serão os próprios servidores da Justiça do Trabalho que irão ministrar as oficinas. Uma delas pretende orientar os participantes em técnicas de digitalização de documentos e de navegação nos autos do processo eletrônico.

De acordo com o presidente do TRT-SC, desembargador Gilmar Cavalieri, o curso é uma boa oportunidade para os advogados da região começarem a se familiarizar com essa inovação.

"A essência do processo eletrônico consiste na extinção dos procedimentos burocráticos, que tornam a prestação jurisdicional lenta e cara", afirma o desembargador. Para o presidente da Acat, advogado Felipe Caliendo, conhecer essa nova tecnologia e saber usá-la é fundamental para os advogados.

Para os estudantes e estagiários de Direito, o curso equivale a 12 horas de aula e quatro pontos no programa Jovem Advogado. Com informações da Assessoria de Imprensa do TRT-SC.

Revista Consultor Jurídico, 7 de setembro de 2011, 7h51

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/09/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.