Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Acusação de peculato

Servidores do RS são acusados de desviar R$ 100 mil

O delegado André Diefenbach, titular da 1ª Delegacia de Polícia de Santa Maria (RS), remeteu à Justiça o inquérito policial em que apurou crimes de peculato e receptação praticados por servidores do Judiciário da comarca. O desvio apurado é de pelo menos  R$ 100 mil da conta da Central de Mandados Judiciais. As informações são do site Espaço Vital.

Segundo o delegado, foram indiciadas nove pessoas: um oficial escrevente, cinco oficiais de Justiça e três familiares de servidores. Conforme o relatório que resume as investigações que se prolongaram por seis meses, o líder do esquema falsificava documentos, como números de processos e recibos. O servidor teria armado um esquema de depósitos em sua conta e na conta da mulher. 

Segundo a Polícia, um funcionário da Central de Mandados que administrava a conta bancária das custas processuais estaria desviando dinheiro desde 2007. Documentação enviada pelo Ministério Público à Polícia mostra diversas movimentações de pagamentos em oficinas mecânicas, salários de empregada doméstica, consulta a dentista e compras em estabelecimentos comerciais. 

Conforme as investigações, o principal suspeito teria falsificado documentos que autorizavam a retirada de dinheiro desta conta. As liberações ilícitas se davam sob a forma de despesas de condução, por diligências que não eram cumpridas. Assim, os investigados se apossavam dos valores de custas de ações em que não foram feitas as diligências e cujo dinheiro ficava em caixa.

Revista Consultor Jurídico, 3 de setembro de 2011, 15h29

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/09/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.