Consultor Jurídico

Notícias

Tempo para interrogar

Julgamento de Hosni Mubarak é adiado para dezembro

O julgamento do ex-presidente egípcio Hosni Mubarak foi adiado para o dia 28 de dezembro. O anúncio vem em meio a discussões sobre a substituição dos juízes do caso, num tribunal do Cairo, capital do Egito. O julgamento estava marcado para acontecer neste domingo (30/10).

Mubarak e ex-integrantes de seu governo são acusados da morte de alguns manifestantes que derrubaram seu regime no Egito. Os réus estiveram no tribunal do Cairo neste domingo, mas o julgamento foi adiado. Os filhos de Mubarak também são réus no processo, mas são acusados de corrupção.

A decisão de postergar veio depois de os advogados de algumas das vítimas pedirem a substituição do juiz no comando do caso, Ahmed Refaat, e de outros do painel. Eles afirmam que os julgadores não deram tempo suficiente para interrogar uma das testemunhas.

O julgamento de Hosni Mubarak teve início no dia 3 de agosto e corre na Academia de Polícia, nos arredores de Cairo. As informações são da Agência Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 30 de outubro de 2011, 13h44

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 07/11/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.