Consultor Jurídico

Notícias

Função social

OAB concede isenção da taxa do Exame da Ordem

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil concedeu isenção ao pagamento da taxa de inscrição para o Exame da Ordem para 2.110 pessoas, representando 64% do pedidos. A OAB garante o exame gratuito a todos que comprovarem carência financeira para pagar a taxa de R$ 200.

O V Exame Unificado da entidade acontece, no domingo (30/10), com aplicação da primeira fase, em todo o país. A segunda fase deve acontecer no dia 4 de dezembro, com aplicação da prova prática-profissional. O Conselho publicou neste mês o calendário antecipado das provas, com os exames que devem ser feitos até dezembro de 2011.

De acordo com o presidente nacional da entidade Ophir Cavalcante, a isenção da taxa permite que a entidade cumpra sua função social. O Exame pode ser feito por alunos que estão no último ano ou no 9º e 10º semestres da graduação. A prova é obrigatória para os bacharéis em Direito que querem exercer a advocacia. Com informações da Assessoria de Imprensa da Conselho Federal da OAB.

Revista Consultor Jurídico, 24 de outubro de 2011, 11h50

Comentários de leitores

3 comentários

Sai do nosso bolso

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Um grande erro. A OAB não é um órgão público, sendo mantida com nossas anuidades. Se os candidatos não pagam, nós é que temos que pagar pelas despesas da prova. A propósito, se o profissional não tem dinheiro para pagar o valor da inscrição, baixíssimo, como fará para advogar caso seja aprovado?

...

Olympio B. dos S. Neto (Advogado Autônomo)

Interessante será saber o que os que estão isentos vão fazer para terem a inscrição na ordem dos advogados, será que vão pedir isenção do pagamento da anualidade? Se conseguirem eu também quero. rsrsrs

A PROVA POR ENQUANTO É OBRIGATÓRIA.

Nélio (Bacharel - Administrativa)

A PROVA (EXAME DA OAB) POR ENQUANTO É OBRIGATÓRIA PARA QUE O BACHAREL EM DIREITO POSSA EXERCER AS ATIVIDADES DA ADVOCACIA, TODAVIA, É BOM ESCLARECERMOS QUE ESTE EXAME PODERÁ SER DECLARADO INCONSTITUCIONAL EM JULGAMENTO PRESTE A OCORRER NO STF,SE O EXAME FOR DECLARADO INSCONSTITUCIONAL, BASTA O ALUNO COMPROVAR ATRAVÉS DE DIPLOMA DEVIDAMENTE RECONHECIDO PELA INSTITUIÇÃO DE ENSINO QUE DEVE SER RECONHECIDA PELO MEC PARA EXERCER AS ATIVIDADES DA ADVOCACIA, COMO ACONTECE NOS DEMAIS CURSOS SUPERIORES DESTE PAÍS COMO O DE ENGENHARIA, MEDICINA, ODONTOLOGIA E OUTROS.

Comentários encerrados em 01/11/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.