Consultor Jurídico

PROCESSO ELETRÔNICO

Justiça de Caxias do Sul julga processo em cinco dias

A Justiça Federal de Caxias do Sul, na Serra gaúcha, apreciou e julgou, em cinco dias úteis, ação relativa à revisão de valores pagos a segurado do INSS a título de pensão por morte. O autor entrou com o pedido no dia 6/10. A sentença, de autoria do juiz Osório Ávila Neto, do 1º Juizado Especial Federal do município, foi assinada em 13/10.

De acordo com o processo, o autor pedia a revisão do benefício recebido com base em lei que prevê cálculo diferenciado para os segurados filiados à Previdência Social anteriormente a novembro de 1999. A análise dos documentos comprovou a existência dos requisitos necessários, e o pedido foi deferido.

Segundo o juiz Ávila Neto, a agilidade no julgamento foi facilitada pelo uso do sistema de processo eletrônico. “A tecnologia elimina todas as fases de circulação física do processo, como envio de correspondências e transporte de autos. Isso nos dá um grande ganho de tempo”, afirmou.

A atuação dos servidores da vara federal envolvidos no processo e a celeridade do INSS também foram destacadas pelo juiz. Conforme observou, a autarquia apresentou contestação no primeiro dia útil seguinte à citação, mesmo dispondo de um prazo legal maior. Com informações da Assessoria de Imprensa da Justiça Federal do RS.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 16 de outubro de 2011, 6h33

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/10/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.