Consultor Jurídico

Notícias

Greve dos bancários

Justiça do Trabalho gaúcha e paulista suspendem prazos

Em razão da greve dos bancários, a Justiça do Trabalho do Rio Grande do Sul suspendeu os prazos para recolhimento e comprovação de depósitos recursais e custas processuais. A suspensão permanecerá até cinco dias após o término da paralisação. A greve foi deflagrada no dia 27 de setembro. A Resolução Administrativa 13/2011, que regulamenta a medida, foi publicada nesta terça-feira (4/10), no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho.

O Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (São Paulo) também prorrogou o prazo para recolhimento de depósitos recursais e de custas processuais para o terceiro dia útil subsequente ao término da greve dos bancários. O pedido foi encaminhado no dia 29 de setembro pela Comissão de Direitos e Prerrogativas da área trabalhista da OAB-SP. "O TRT-2 se mostrou sensível a um pleito justo da classe", afirmou o conselheiro seccional, Livio Enesco.

Leia aqui a Resolução da Justiça do Trabalho do Rio Grande do Sul. 

Revista Consultor Jurídico, 5 de outubro de 2011, 0h45

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/10/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.