Consultor Jurídico

Notícias

Expressões da denúncia

Promotor causa polêmica ao ironizar gays

Após escrever em uma denúncia que um policial civil deveria melhorar sua mira e mandar um ladrão para o inferno, o promotor Rogério Leão Zagallo, cunhou novas expressões polêmicas. Agora, a denúncia de homicídio envolve dois homossexuais. A informação é do jornal Folha de S. Paulo.

Conforme o documento assinado por Zagallo, do 5º Tribunal do Júri de São Paulo, a vítima e o réu se conheceram em uma boate frequentada por pessoas "modernas e abertas a novas experiências, sobretudo aquelas ardentes e capazes de ruborizar aos mais indiferentes moais da Ilha de Páscoa".

A denúncia, recebida pela Justiça, foi feita em abril deste ano e o crime ocorreu em março do ano passado. O promotor escreveu ainda que a vítima era um “homossexual cheio de entusiasmo, de ardor e de vivacidade” e que levou o segurança, réu, para sua casa porque queria ser “penetrado” por ele.

De acordo com a reportagem da Folha, o promotor não quis se manifestar. A assessoria de imprensa do Ministério Público informou que o promotor já está sendo investigado pela Corregedoria da instituição.

A investigação começou na semana retrasada, depois do promotor sugerir a um policial melhorar sua mira para mandar bandido para o inferno. Nesse caso, o policial foi assaltado por dois homens armados e, ao reagir, matou um dos ladrões.

Revista Consultor Jurídico, 2 de outubro de 2011, 18h02

Comentários de leitores

28 comentários

Verdade seja dita

Alex Sandro Sebben (Outros)

Que problemas há em um membro do Ministério Público que escreve de modo peculiar? Há tanto por se corrigir no judiciário: morosidade, excesso de demandas com pouco pessoal para agilizar os feitos, e ficam discuntindo o que o nobre Promotor escreveu ou deixou de escrever. Ademais, discordo totalmente com o que a imprensa está fazendo, querem incutir em nossas mentes de que homossexualismo é algo normal e deve ser aceito pela sociedade, e quem discordar é tachado de ignorante. Mas, mais ignorante é quem não respeita a onpinião dos outros. Esse é um pais democratico, então seja a opinião favorável, seja ela contraria, deve ser respeitada.

Soltem a Barrabás!!! e peguem o outro!!!!

João pirão (Outro)

Não conheço ao sujeito que está sendo linchado, mas crucificá-lo por ter escrito com peculiar estilo "novelesco" da hora global, não deveria ser motivo de tão acalorado discurso. Não me oponho a que o linchem, mas que seja por alguma coisa maior.

Quem fala a verdade ...

E. COELHO (Jornalista)

Fui educado sabendo que "Quem fala a verdade NÃO MERECE castigo", hoje está tudo mudado, o que era certo agora é errado.
.
Promotor não se intimide, afinal alguém precisa falar a verdade. Espero que não seja castigado ou punido por isso.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 10/10/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.