Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Grid de Largada

Toron lança candidatura para presidente da OAB-SP

Os amigos, simpatizantes e possíveis eleitores de Alberto Zacharias Toron têm um encontro marcado nesta quinta-feira, em São Paulo. A partir das 19h, na pizzaria Veridiana (rua José Maria Lisboa, 493), irão celebrar a decisão de Toron de disputar o comando do Conselho Seccional paulsita da Ordem dos Advogados do Brasil.

Apesar de a eleição estar programada para daqui a doze meses, já se tem por certo que o candidato da situação será o advogado Marcos da Costa, que nos últimos anos foi o braço executivo da gestão de Luiz Flávio Borges D’Urso. Na oposição ainda não é certo que Rui Celso Reali Fragoso volte a concorrer, embora uma pesquisa do Ibope o tenha apontado como o mais cotado se a disputa fosse hoje. Também já anunciou a disposição de concorrer o criminalista Roberto Podval.

Alberto Toron teve atuação aplaudida como titular da Comissão de Prerrogativas da OAB Nacional, cargo em que defendeu com sucesso diversos colegas. Ele também já presidiu o Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCcrim).

Veja quem já confirmou presença na festa de amanhã, segundo o comitê de apoio à candidatura Toron:

José Carlos Dias,
Marcio Thomaz Bastos,
Carlos Miguel Aidar,
Antonio Magalhães Gomes Filho,
Miguel Reale Junior,
Mario Sergio Duarte Garcia,
Arnaldo Malheiros Filho,
José Manoel Arruda Alvim,
Pierpaolo Bottini,
Celso Vilardi,
Rubens Neves,
Belisário dos Santos Junior,
Aloísio Lacerda Medeiros,
Orlando Maluf,
Fábio Tofic,
Oscar Vilhena,
Carlos Ari Sundfeld,
Theodomiro Dias,
Ernesto Tzirulnik,
Mario de Oliveira Filho,
Ana Amélia Camargos,
Luiz Carlos Moro,
Roberto Parahyba,
Marcos Fuchs,
Augusto Arruda Botelho,
Dora Cavalcanti,
Sérgio Salomão Shecaira,
Antonio Sérgio Pitombo,
João Biazzo Filho,
Roberto Ferreira,
Ivo Aidar,
Cid Scartezzini Filho e
Luiz Otávio Pacifico
Edmo João Gela
Clodoaldo Pace
Luiz Eduardo Moura


Revista Consultor Jurídico, 30 de novembro de 2011, 20h36

Comentários de leitores

6 comentários

Dias melhores virão! Estou contigo e não abro!

Manente (Advogado Autônomo)

Bom, eu, particularmente, não tive o privilégio de conhecer o Dr. Toron pessoalmente, mas, tenho boas referências, que, aliás, farei questão de mencioná-las neste espaço, inclusive, sabendo que ele é um leitor/comentarista.
Trata-se de um Advogado simples, humilde, competente, eficiente e que sempre lutou pela defesa das prerrogativas. Portanto, tenha certeza Dr. Toron, que, eu faço questão de declarar-me seu eleitor e batalharei incansavelmente, para que outros colegas, também façam o mesmo.
Chega das mais diversas violações as nossas prerrogativas. Nós advogados, estamos cansados das condutas reprováveis, lastimáveis e lamentáveis e em momentos mais difíceis, não somos atendidos como deveríamos.
Eu, particularmente, não tenho boas lembranças do atendimento do plantão das prerrogativas, pena, que se eu tivesse acompanhado com alguma testemunha, botaria a boca no trombone e a "pessoa" que me atendeu lá, certamente, estaria estirpada deste relevante serviço que é prestado aos advogados.
Embora, eu não vá generalizar, mas, espero nunca mais depender ligar no plantão, pois, pior seria, encontrar o mesmo plantonista que "supostamente" atendeu-me.
Uma verdadeira vergonha!!!

Parabéns pela Iniciativa

RRPS (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Caro Colega Toron.
Gostaria de iniciar meus comentários partindo da ocasião em que conheci o colega. Perto da cidade de São Roque, quando chegava de uma cavalgada, em frente ao portão da minha chácará, lá estava o advogado com seu filho, ainda muito pequeno, admirando o cavalo que acabava de chegar do passeio.
Nos conhecemos e compartilhamos algumas idéias, até mesmo porque, naquela ocasião, eu era o Presidente da Subsecção de São Roque.
Partindo daí, permita-me confessar que careço de palavras para transmitir o contentamento como advogado na cidade de São Roque, em termos a possibilidade de ver à frente da Seccional Paulista, colega tão combativo e capaz. Não me preocupo aqui em enumerar as qualidades profissionais do Ilustre advogado "Toron", refiro-me às qualidades natas de homem firme, justo, honesto e sereno, qualificações todas orientadas pelo ideal de bem servir e que constituem exemplo a ser seguido.
Ronaldo.

Será que tem honra?

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Há anos vem sendo divulgado na imprensa especializada que um estagiário do Toron, hoje advogado, teve suas prerrogativas profissionais violadas na Procuradoria da República em São José do Rio Preto. Acabou preso pelos Procuradores da República Álvaro Stipp e Anna Claudia Lazzarini, que também lhe imputaram a prática de crimes que não existiram, inclusive com instauração de uma ação penal que acabou trancada. Houve formulação de uma representação, salvo engano preparada pelo próprio Toron, que acabou se perdendo no universo de inércia que domina a Ordem quando o assunto é proteção às prerrogativas (perderam o prazo para recurso). Só espero que, caso Toron venha a se sagrar vencedor e Presidente da OAB/SP, honre a barba e finalmente dê um basta na atuação criminosa dos referidos Procuradores da República, que aqui na cidade de São José do Rio Preto agem como verdadeiros senhores feudais principalmente contra a advocacia. Já adianto que, se não ouvir da boca dele a promessa que vai dar cumprimento à lei no que tange à defesa das prerrogativas, não vou votar.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 08/12/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.