Consultor Jurídico

Comentários de leitores

17 comentários

Generalizar atrapalha - 2

Daniel André Köhler Berthold (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

Repito: como constou na matéria, na Justiça Estadual do RS, em que há o direito legal de trabalhar um turno em casa, a meta foi superada, de modo que repito o título do meu comentário anterior.

Ainda querem aumento... parte 4

Antônio dos Anjos (Procurador Autárquico)

Realmente, entra mais um ano novo e as velhas desculpas se repetem...
Não podemos trabalhar expediente integral, por isso levamos trabalho para casa é aumentamos a produtividade... MAS OS PROCESSOS CONTINUAM A SE ACUMULAR NAS PILHAS DE CONCLUSÕES...
Não podemos frequentar o mesmo elevador das partes e advogados, pois precisamos ter um elevador a nossa disposição para não nos atrasarmos... QUANDO UMA AUDIÊNCIA COMEÇA NA HORA?
Merecemos ganhar mais do que todos no mundo, pois somos privilegiados na Constituição com vitaliciedade, inamovibilidade, dentre outras benesses... OS OFICIAIS DAS FORÇAS ARMADAS SOMENTE PERDEM A PATENTE POR SENTENÇA JUDICIAL, COMO OS DEMAIS VITALÍCIOS E NEM POR SE CONSIDERAM MELHORES QUE OS DEMAIS CIDADÃOS BRASILEIROS. INCLUSIVE, NAS SITUAÇÕES EXTREMAS DE CALAMIDADE OU SEGURANÇA, O QUE VEMOS SÃO AS FORÇAS ARMADAS DEFENDENDO O POVO, AINDA QUE COM VENCIMENTOS DEFASADOS. FORA ISSO, NÃO HÁ QUALQUER ARTIGO NA CRFB QUE DIGA QUE O MAGISTRADO É UM SERVIDOR MAIS BEM QUALIFICADO QUE OS DEMAIS...
Nenhuma meta é alcançada, as velhas desculpas se repetem e ainda pedem aumento querendo apropriar-se indebitamente do esforço alheio de outras carreiras jurídicas, quando não se apropriam do esforço dos técnicos judiciários que, em sua maioria, é quem realmente trabalha e presta a tutela jurisdicional...
De quem é a culpa? O que falta?
Eu respondo com minha singela opinião: FALTA VERGONHA NA CARA, ARREGAÇAR AS MANGAS, SENTAR AS NADEGAS NO FÓRUM, SE PORTAR A ALTURA DO CARGO E TRABALHAR COM AFINCO.
COM GRANDE PODERES VEM GRANDES RESPONSABILIDADES... INFELIZMENTE, PARA VÁRIOS MAGISTRADOS E MEMBROS DE OUTRAS CARREIRAS (A QUAL INCLUO A MINHA), COM GRANDES PODERES VEM GRANDES REGALIAS... LAMENTÁVEL...

Generalizar atrapalha

Daniel André Köhler Berthold (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

Qualquer debate perde a seriedade e a possibilidade de resultados positivos quando se parte para generalizações e tentativas de disputa entre integrantes de carreiras diferentes.
O Código de Organização Judiciária do Estado do RS permite, ao juiz, trabalhar em casa num dos turnos, o que aumenta a produtividade (lembro que a notícia enfoca que o TJ/RS superou a meta, embora o RS seja, proporcionalmente, o Estado em que mais se litiga judicialmente). É, portanto, equivocado afirmar que, porque não está dentro do Fórum, o juiz não esteja, então, trabalhando.
Outro aspecto. Às vezes, juízes exercem atividades relacionadas à jurisdição que não se desenvolvem dentro do Fórum. Exs.: reunião do Conselho da Comunidade, reunião com membros de outros Poderes para definição de atuações conjuntas.

Ainda querem aumento... 3

Antônio dos Anjos (Procurador Autárquico)

Sugestão para cumprimento de meta:
QUE TAL OS MAGISTRADOS CUMPRIREM A NOVA RESOLUÇÃO DO CNJ, TRABALHAREM 7 DIAS POR SEMANA E DE 09:00 AS 18:00 HORAS, COMO TODO TRABALHADOR BRASILEIRO...

Não cumprimento de meta

estudioso do direito (Juiz Estadual de 2ª. Instância)

Enquanto o culpado pela demora no julgamento de processos não for responsabilizado civilmente nenhuma meta será cumprida

CONCLUSÃO

Robson Candelorio (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

NO MEIO DAS GALINHAS, AS BARATAS NUNCA TEM RAZÃO.

Ainda querem aumento... parte 2

Antônio dos Anjos (Procurador Autárquico)

Dr. Robson,
Como autor na Execução Fiscal eu posso falar com propriedade: A JUSTIÇA É LENTA, BUROCRÁTICA, PROTEGE O DEVEDOR, QUER APLICAR A DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA PARA PESSOAS JURÍDICAS, OBSTA INJUSTIFICADAMENTE O ANDAMENTO DA EXECUÇÃO FISCAL, ENFIM, É QUASE UMA PERDA DE TEMPO...
Engraçado é que, na hora do STF ir com o pires na mão mendigar aumento para o Executivo, o argumento é que a Justiça arrecada muito na Execução Fiscal (TOTAL APROPRIAÇÃO INDÉBITA DO TRABALHO DE MINHA INSTITUIÇÃO, POIS, ATÉ ONTEM, JUIZ NENHUM ASSINA CERTIDÃO DE DÍVIDA ATIVA, TAMPOUCO PETIÇÃO INICIAL). Pior é quando argumentam que dão decisões favoráveis ao governo (LEIA-SE: VENDA INDIRETA DE DECISÕES PARA O EXECUTIVO).
Agora, o que faltou dizer no artigo é que somente julgaram 16 milhões. Não esclareceram que faltou computar as ações que já se encontram em trâmite, aguardando julgamento e que entraram mais 17 milhões de ações novas.
Logo, gostaria de saber qual o acervo total de ações pendentes e paradas, pois o artigo dá a falsa idéia que somente faltam 1 milhão de ações para julgar em todo o país.

EXCIA., ESTA NÃO DAVA PRÁ MUDAR NÃO !!!

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Quando se diz que papel aceita tudo, tem gente que reclama. A sugestão do Magistrado deu outro enfoque ao mesmo problema, porém com 'conotação positiva'. É a história do copo contendo metade de água. Ele está quase cheio ou quase vazio ? Mas nesse caso NÃO, Excelência, a notícia só poderia mesmo ter sido retratada da forma como foi (e não como a sugerida), por se tratar de fato com 'conotação negativa', somente. Portanto, não se cuida de se ter produzido bem, mas, ao contrário, de não ter se atingido uma meta, estudada, lançada e tida como factível pelo C.N.J.

correção do título sugerido

Robson Candelorio (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

correção do título sugerido: JUSTIÇA BRASILEIRA JULGA MAIS DE 16 MILHÕES DE AÇÕES NO ANO DE 2010.
17 milhões foi o número de ações novas que entraram.

Sugestão para Título da Notícia

Robson Candelorio (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

A notícia em comento também poderia ser intitulada: JUSTIÇA BRASILEIRA JULGA MAIS 17 MILHÕES DE AÇÕES NO ANO DE 2010.
Mas preferiu-se o título: Justiça deixou de analisar 1 milhão de ações que entraram em 2010.
É só uma questão de enfoque.

Olha´quem fala...

Robson Candelorio (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

Leornardo...
Você deveria estar caladinho, pois é a sua instituição a resposável pelo entupimento do Poder Judiciário...não leu a notícia não é?
Diante da pesquisa do CNJ sobre os maiores litigantes do Poder Judiciário, representantes do Poder Executivo, incluindo administração direta e indireta, bem como os bancos e empresas de telefonia não tem moral para dizer nada, pois são responsáevis por 95% das ações em trâmite pela Justiça Brasileira!
E para o seu governo, eu estou no Fórum trabalhando, nessa linda manhã de sexta-feira.

Ainda querem aumento...

Antônio dos Anjos (Procurador Autárquico)

Com um desempenho pífio desses, no qual assumem que deixaram não sei quantos milhões de causas sem julgamento, ainda querem aumento...
Qual a justificativa para tamanha baixa produtividades:
Salários baixos? São a carreira pública mais bem remunerada do mundo na atualidade!
Repito o que já foi dito: OS MAGISTRADOS, EM GERAL, NÃO TEM COMPROMISSO COM O TRABALHO!
Hoje é sexta-feira, será que se acha algum Juiz no Fórum?

TRF-1

Caio T. (Serventuário)

Nenhuma surpresa no desempenho vexatório do TRF da 1ª Região.
.
A solução já está (ou estava) em andamento: a PEC criando outros TRF's, para desafogar especialmente o TRF-1, que tem jurisdição sobre 13 Estados e o DF, mais da metade dos Estados Federados.
.
Mas aí a pergunta: cadê a boa vontade das Excelências de largarem mão desse poder e influência?
.
Enquanto isso, o jurisdicionado fica a ver navios.

SRA. ANA -PROBLEMAS GÁSTRICOS-

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Sra. Ana: O fato de não ter encontrado vários dos juízes no Forum de sua Comarca pode ser sintomático. Por exemplo aqui, na minha, também algo pontual acontece. Pelo que soube é devido a alimentação posta a disposição deles no restaurante do Foro e que costuma causar ligeiro desconforto intestinal, sempre após as 16:00 horas.

Na fila do pão

Ana Só (Outros)

E o nosso processo subiu para a 2a instância, após UM ano de ficar nas prateleiras da 1a., e de lá sumiu, desapareceu, feito o balão do padre.
Como era um processo trabalhista, em causa ganha na 1a, considero um crime um trabalhador ficar desde 2005 até mesmo sem as verbas rescisórias, férias etc.
Devido a esta demora, tivemos que vender a casa própria e passar para o aluguel. Pergunto, QUEM vai ressarcir esse prejuízo e todos os danos?
Em todas as vezes que fui ao Forum, vi que muitas salas de juízes estavam vazias. Em muitas delas, não havia audiência. Onde é que eles vão parar o dia todo?

É DIFÍCIL MESMO

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

EXCELÊNCIA, ATÉ QUE EU TENTEI ACOMPANHAR A ROTINA DE UM, ESCOLHIDO AO ACASO AQUI NA COMARCA, MAS..... INFELIZMENTE, AFORA NAS AUDIÊNCIAS , ELE NUNCA ESTAVA EM SEU GABINETE DURANTE O RESTO DO DIA (DIA QUE SE ENCERRA, PELO MENOS NO FÓRUM E PARA JUÍZES) AS 16:30 HORAS. POR FAVOR, SE SOUBER DE ALGUM QUE EXCEDA ESSA CARGA HORÁRIA, ME AVISE.

Era de se esperar...

Maira (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

É muito dificil decidir numero de feitos igual ao de novas ações, pois o numero de feitos novos vem subindo cerca e 20% a cada ano. Já fiz essa pesquisa nas duas ultimas comarcas em que trabalhei (Pérola e Umuarama, ambas no Paraná). E se há aumento do número de feitos, sem o necessário aumento da força de trabalho, o resultado não poderia ser outro: atraso na prestação jurisdicional...
E antes que alguem se arrisque a dizer que os juizes deveriam trabalhar mais, sugiro que acompanhe a rotina diária de um juiz, ao invés de falar daquilo que desconhece...

Comentar

Comentários encerrados em 8/04/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.