Consultor Jurídico

Notícias

Invasão de fazenda

MST é condenado a indenizar Oscar Maroni

Comentários de leitores

4 comentários

Já passou da hora

andreluizg (Advogado Autônomo - Tributária)

Pior que o único crime que os integrantes do MST cometem é o exercício arbitrário das próprias razões, e, quase sempre, vandalismo, furto, e outros tantos ambientais... Precisamos de um adendo penal rigoroso, inclusive com agravantes quando destroem as propriedades e usam crianças como escudo da atuação policial. Pois invasões de terra são um deboche ao direito e à democracia.

Esse MST....

Igor M. (Outros)

O argumento do MST é o mais risível possível: que a decisão do magistrado faz parte do “processo de criminalização dos movimentos sociais”. E ainda por cima tenta tirar o deles fora, com o frágil argumento de que a invasão foi organizada por outro movimento de sem terra. Mesmo que isso seja verdade, não os isenta da responsabilidade de pregar ideologia que tem como finalidade o crime – e não o bem estar social.

O MST nunca teve apreço às leis e a Constituição. Decisões como essa deveriam se repetir em todo o Brasil. Não somente na esfera cível, mas na criminal também!

MAIS DO QUE NA HORA

Gusto (Advogado Autônomo - Financeiro)

O que resta saber é como se fará a execução da sentença, e que seja feita mesmo, a fim de se pôr um freio nessa organização criminosa que nada tem de "movimento social". Transfugas, baderneiros, macomunados com terroristazinhos de terceira categoria como Rainha e Stedile. O que os fazendeiros e produtores devem fazer valer é a lei da legítima defesa não só da vida mas da propriedade, o que é assegurado por lei, derramando algumas boas doses de chumbo grosso sobre quem não tem o menor compromisso com o trabalho alheio, com a dignidade de famílias que suam sangue para sua sobrevivência e se veem ameaçadas por esses estrumes, que saqueiam e destroem produções e reservas de alimentos destinados à toda a sociedade, sempre com a desculpa esfarrapada de que as terras "não são produtivas".
Portanto, a justiça não pode ficar apenas na seara cível, mas na criminal, mandando para os mais fétidos chiqueiros trogloditas e primatas que não se adaptam à vida em sociedade e não aceitam os ditames que o mundo atual determina.

Badernas...

Raphael F. (Advogado Autônomo)

Invasão de propriedade particular é crime, e como tal deve ser tratado sob os rigores da legislação vigente. Causa social não é excludente de ilicitude. Já tive a oportunidade de conhecer alguns acampamentos. Considerável parcela de tais movimentos é composta de pessoas sem conhecimento algum no que tange ao manuseio da terra. Quem põe fogo em máquinas e implementos agrícolas, destrói plantações, cercas, abate animais alheios, etc não merece ter um palmo de terra. Tudo isso já foi mostrado pela mídia. Mas entendo que a sociedade afetada por movimentos como esse deve processar o Estado e cobrar deste todos os danos, prejuízos e dores de cabeça.

Comentar

Comentários encerrados em 31/03/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.