Consultor Jurídico

Nordestinos no alvo

OAB-CE quer processar tuiteiros por ofensas

A OAB do Ceará entrou com notícia-crime no Ministério Público Federal contra dois usuários do Twitter que, na noite de quarta-feira, postaram mensagens preconceituosas em relação aos nordestinos depois da desclassificação do Flamengo pelo Ceará na Copa do Brasil. As informações são do site da Band.

Um dos usuários, uma jovem de Santa Catarina, escreveu: "esses nordestinos pardos, bugres, índios acham que tem moral, cambada de feios. Não é à toa que não gosto desse tipo de raça" (sic). O outro usuário, um rapaz do Rio, postou: "Só vim no twitter falar o quanto os nordestinos é a desgraça do Brasil.. pqp ! bando de gnt retardada qe acham que sabe de alguma coisa" (sic).

O presidente da OAB-CE, Valdetário Andrade Monteiro, justificou a decisão de apresentar a notícia-crime por considerar que qualquer forma de preconceito deve ser combatida. "Não podemos permitir que a pessoa, com certo grau de conhecimento, se utilize da internet para disseminar o racismo." Os comentários causaram bastante repercussão na internet, levando o assunto aos mais comentados (trending topics) do Twitter no Brasil.

Pedido de desculpas

Na manhã de quinta-feira (12/5), ao perceber a repercussão negativa dos comentários, a jovem de Santa Catarina se desculpou e apagou o post em que ofendia os nordestinos: "Meu deus gente, agi por impulso por causa do Flamengo, não tenho nada contra nordestinos....Desculpa aí galera. Jamais deveria ter feito isso" (sic). O outro usuário também tentou justificar sua reação: "Quando torço, sou fanático! e quando sou fanático, eu xingo mesmo! Mas ontem me exaltei e fui além disso! Quando me referi aos nordestinos, queria me referir inteiramente ao time do Ceará. Tenho certeza que nao fui o único a xingar os nordestinos (sic)".

Um caso similar aconteceu depois das eleições de 2010, quando uma estagiária de direito ofendeu os nordestinos após a vitória de Dilma Rousseff sobre José Serra. Além de perder o estágio, a usuária foi denunciada à Justiça pela OAB pernambucana.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 13 de maio de 2011, 12h12

Comentários de leitores

2 comentários

lamentável

gilberto (Oficial de Justiça)

Sinceramente, nós, nordestinos, não temos moral nem respeito. Até quando iremos admitir total falta de respeito? Toda vez que acontece algo nesse país, como foi a eleição de Dilma ou, até mesmo, um simples jogo, que não muda a vida de ninguém, os nordestinos são insultados. Esse pessoal do sul e do sudeste não passam de uns babacas mal-educados. Eles repetem aqui, o mesmo que país do primeiro mundo fazem com o Brasil. Gostaria que vocês, das regiões Sul e Sudeste, soubessem que também odiamos vocês, gentinha despesível.

Vai chorar é?

Icaro Silva (Outros)

Chore na minha!

Comentários encerrados em 21/05/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.