Consultor Jurídico

Notícias

Idade da razão

Ministros do Supremo defendem PEC da Bengala

Comentários de leitores

7 comentários

PEC da Bengala

José Brenand (Outros)

Não poderia deixar de dar meus votos de congratulação aos ministros que defendem o aumento da idade de servidores, para se aposentarem, porem defendo que esses devem ser bem remunerados, para em suas ferias aproveitarem da mesma, para viajarem, e conhecer novas plagas, pois apos a aposentadoria, só resta aguardar a morte bater em nossa porta. O trabalho dignifica a viva, e prolonga a mesma, alem de nos dar maior estima, e valor ao nosso potencial de conhecimento, social,moral e dignidade como ser humano.Parabéns ao raciocínio do Ministro.

Sem mandato, não pode aumentar idade.

themistocles.br (Advogado Sócio de Escritório - Administrativa)

Assim como já ocorre com parlamentares, poderia até nem existir idade máxima, desde que o interessado no cargo de ministro estivesse sujeito a mandato de 4 anos. Porém, não tem qualquer sentido simplesmente permanecer até 75 anos sem qualquer controle social que possa renovar ou excluir um ministro conforme seu desempenho funcional, algo que já existe para os demais servidores públicos.

15 anos

Republicano (Professor)

Que tal inverter? A idade limite para permanência nos tribunais ser de 15 anos?

Pegando carona na carruagem do ministro...

Elza Maria (Jornalista)

Aproveitando a ideia do ministro Marco Aurélio, que não só admite, como sugere que um médico ateste a capacidade mental de um ministro do STF, poder-se-ia fazer também que todo juiz, de primeira ou de segunda instância e até mesmo os de instância extraordinária, submetam-se periodicamente a um exame para saber como anda sua JUIZITE. Xiiiiii. Já pensou?! Muitos, se não a maioria seriam reprovados e teriam de sair, aposentados por incapacidade mental para o exercício da profissão. Iriam aportar novamente na advocacia para receber honorários risíveis, que mal dão para manter um padrão de vida condizente com o que se espera de um profissional intelectualizado, preparado, culto; aturar cliente mentiroso; ser coagido por bandido; avacalhado por delegado de polícia; pisoteado por juiz; e chicoteado por promotor de justiça. Caramba, essa eu gostaria de ver.

queremos oxigenação

analucia (Bacharel - Família)

a questão não é saber da capacidade mental, mas sim, da necessidade de oxigenação.
Criamos os Reis do STF e querem ser eternos. Ora, então que se crie um limite de mandato de oito anos.

Só Ministro não.

Tcampos (Funcionário público)

Acrescento ao comentáriodo colega o fato de que tal benevolência não é privilégio de Ministro não, a junta não aponsentaria um servidor sem a concordância do mesmo nem se ele estiver sem os membros e os sentidos. Afinal, somos todos colegas, e a essa idade, de longa data.

Em causa própria

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Tenho profundo respeito e consideração pelo Ministro Marco Aurélio, mas chega a ser risível a consideração de que uma junta médica pode avaliar as condições para continuidade de um Ministro no cargo. Qualquer junta médica constituída neste País para examinar um ministro de Tribunal Superior vai dizer exatamente o que o ministro quiser, independentemente de seu estado de saúde. No mais, inevitavelmente, os Ministros do STF falam em causa própria sobre a PEC, o que, convenhamos, retira a credibilidade.

Comentar

Comentários encerrados em 8/07/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.