Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Prêmio Excelência

TST premia melhores varas e tribunais do Trabalho

O Conselho Superior do Trabalho e o Tribunal Superior do Trabalho farão na segunda-feira (20/6) a entrega da primeira edição do Prêmio Excelência. Nesse dia também acontece a divulgação da Consolidação Estatística da Justiça do Trabalho, relatório que contém todos os indicadores da movimentação processual do TST, dos 24 Tribunais Regionais do Trabalho e das 1.377 Varas do Trabalho instaladas no país.

O prêmio foi instituído por iniciativa do presidente do CSJT e do TST, ministro João Oreste Dalazen, com a proposta de reconhecer e valorizar os órgãos da Justiça do Trabalho que se destacaram pelos serviços prestados à sociedade. "É imperioso aguçar o empreendedorismo e redobrar os esforços para que a Justiça do Trabalho preste um serviço cada vez mais eficiente à sociedade brasileira, razão única de sua existência", afirma o ministro Dalazen.

Serão premiados os TRTs e as Varas do Trabalho que apresentaram os melhores desempenhos na Consolidação Estatística em quatro categorias: metas nacionais; performance jurisdicional (em primeiro e segundo graus); conciliação e performance em execução. A entrega dos prêmios ocorrerá às 18h, na abertura do 1º Workshop de Estatística e Execução Estratégica da Justiça do Trabalho.

Critérios
O prêmio relativo às metas nacionais será concedido aos tribunais que melhor cumpriram o compromisso social retratado nas metas do planejamento estratégico da Justiça do Trabalho.

A categoria performance jurisdicional leva em conta o quantitativo de processos solucionados nas fases de conhecimento e de execução por força de trabalho (número de servidores e magistrados).

A de conciliação considera o percentual de processos conciliados em primeiro grau em cotejo com o total de processos julgados pelas Varas do Trabalho da Região, e premiará também as varas mais bem sucedidas na solução de processos por meio de acordo. Já o prêmio para desempenho em execução tem por base o quantitativo de ações encerradas por força de trabalho no primeiro grau. Com Informações da Assessoria de Imprensa do TST.

Revista Consultor Jurídico, 18 de junho de 2011, 9h37

Comentários de leitores

1 comentário

parabéns pela iniciativa

daniel (Outros - Administrativa)

O Exemplo deveria ser copiado, mas os preguiçosos (a maioria) não deixa este tipo de iniciativa ser ampliada, pois temem ser desmacarados, afinal preferem acumular processos e dizer que têm muito serviço !

Comentários encerrados em 26/06/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.