Consultor Jurídico

Caminho da liberdade

Justiça do Rio concede HC ao ex-jogador Edmundo

A 6ª Vara Criminal do Rio de Janeiro concedeu, nesta quinta-feira (16/6), Habeas Corpus ao ex-jogador de futebol Edmundo. Ele está preso em São Paulo desde a madrugada depois de ser considerado culpado de ter causado um acidente de carro que matou três pessoas e feriu outras três, em dezembro de 1995. As informações são do portal UOL.

Edmundo já havia deixado a cela e estava numa sala de espera quando a juíza Rosita Maria Oliveira Netto, da 6ª Vara do Rio, concedeu o HC. A polícia paulista agora aguarda um fax com um documento para poder liberá-lo.

Depois de solto, o agora comentarista será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para fazer o exame de corpo de delito e verificar se há sinais de agressão. De lá, pode ir para casa.

Há ainda um pedido para que a pena imputada a Edmundo não seja cumprida. A alegação é a de que o crime já prescreveu. O recurso será julgado nos próximos dias pelos desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 16 de junho de 2011, 18h05

Comentários de leitores

16 comentários

EDMUNDO. O ANIMAL.

MAFFEI DARDIS (Advogado Sócio de Escritório - Criminal)

EDMUNDO É IDOLO DE TODAS AS TORCIDAS.
A JUSTIÇA CARIOCA AGIU CORRETAMENTE, LIBERDADE AO EDMUNDO DE MELHOR SOLUÇÃO.
ELE JA PAGOU MUITO PELO ACIDENTE. SOFREU DEMAIS.
AVANTE EDMUNDO. A VIDA É BELA.

Perguntas básicas e perguntas consequenciais

Daniel André Köhler Berthold (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

Alguém leu a decisão do Juiz de Direito que determinou a prisão? E a decisão da Desembargadora que determinou a soltura?
Dá para confiar exclusivamente nos dados de uma notícia que parece nem saber a diferença entre uma Vara e uma Câmara Criminal?
Com base exclusivamente em dados dessa notícia, podem-se lançar dúvidas até sobre a sanidade mental de um Magistrado?

Direito x Justiça.

JPLima (Outro)

Caro Dr. Marcos Alves Pintar, pois é, veja que já há outro elemento "sanidade mental", deve ser mesmo. O que me pergunto é aonde vamos parar com nossa Justiça? Hoje temos Cortes Superiores que mais parecem um grande barco à deriva, um verdadeiro Titanic, atirando para todo lado. Talves o nível intelectual dos nossos Magistrados, quem sabe a prostituição intelectual, algo está errado e não está funcionando. Nossa Justiça está realmente uma zona.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 24/06/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.