Consultor Jurídico

Notícias

Caminho da conversa

Mediação é medida para buscar pacificação social

Comentários de leitores

5 comentários

Novas medidas para velhos problemas... ARBITRAGEM é Solução!

Deusarino de Melo (Consultor)

Muito bem, Nobre: Muito nobre o seu ponto de vista e da advogada que concorda com ele. Eu, pauperrimamente mas com otimismo dos mais ferrenhos, junto-me a vocês para pedir à justiça que acabe com esta perda de tempo e emperramento do andamento processual com uma quantidade deles além da necessidade entregando, antes de mais nada à ARBITRAGEM, para mediação e conciliação que resolveriam as situações competentes.

Direito vs. mediação: O fim do Direito

Ricardo de Faria (Advogado Autônomo - Internacional)

A segurança jurídica acaba quando temos de abrir mão de direito e se contentar com MENOS que o DIREITO, via este leilão injusto.
A segurança jurídica tem um preço inexorável: o nosso Brasil só representa 1% do Comércio Mundial, em que pese ser a 7ª economia: Adivinhem qual a razão do investidor ir para Cingapura ou China?
Ah, e lá nos EUA não se usa mais teclado (40 caractéres) e sim reconhecimento de voz (140 caractéres por minuto): mais dados em
"Pelo Programa Nacional de Reconhecimento de Voz na Produção Intelectual Brasileira"
http://pelousointensivodainternetnapolitica.blogspot.com/2008/09/pelo-programa-nacional-de.html

Direito vs. mediação: O fim do Direito

Ricardo de Faria (Advogado Autônomo - Internacional)

A segurança jurídica acaba quando temos de abrir mão de direito e se contentar com MENOS que o DIREITO, via este leilão injusto.
A segurança jurídica tem um preço inexorável: o nosso Brasil só representa 1% do Comércio Mundial, em que pese ser a 7ª economia: Adivinhem qual a razão do investidor ir para Cingapura ou China?
Ah, e lá nos EUA não se usa mais teclado (40 caractéres) e sim reconhecimento de voz (140 caractéres por minuto): mais dados em
"Pelo Programa Nacional de Reconhecimento de Voz na Produção Intelectual Brasileira"
http://pelousointensivodainternetnapolitica.blogspot.com/2008/09/pelo-programa-nacional-de.html

Reforma

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

O que poderá resolver os problemas da Justiça brasileira, trazendo a pacificação social que se espera, é um Poder Judiciário bem organizado, com magistrados capazes, servidores e instalações em número suficiente, além de um rigoroso regime de responsabilidades visando fazer com que todos trabalhem como a lei determina. Sem isso, termos mais algumas décadas de atraso, insatisfação, e mais conversa para boi dormir.

Picaretagem

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Trata-se de pura e simples picaretagem, na expressão mais pura da palavra. Usa-se o pretexto da conciliação ou mediação com forma de solução de conflitos, e assim se deixa de realizar as modificações que o Poder Judiciário necessita, desviando-se as atenções. Porém, na prática a conciliação ou mediação não produz nenhum resultado algum, como já mostrou a experiência histórica (há anos se usa essa ladainha, sempre sem resultado algum), já que a maior parte dos litigantes (leia-se Estado e grandes empresas) querem usar a lentidão do Judiciário para não pagar o que devem. Mediação e conciliação é conversa para boi dormir, que só serve para iludir tolos e desavisados.

Comentar

Comentários encerrados em 23/06/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.