Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sem explicação

Amy Winehouse é encontrada morta em Londres

A cantora iglesa Amy Winehouse foi encontrada morta em seu apartamento em Londres neste sábado (23/7). A Polícia ainda não tem explicações para o falecimento, e disse apenas que ela foi encontrada às 15h54, horário local (11h54, no horário de Brasília). As informações são do jornal britânico The Guardian.

Ela morreu menos de um mês após o cancelamento de uma turnê europeia, depois de um show desastroso na Sérvia. Na fatídica apresentação, Amy estava visivelmente bêbada e sob efeito de drogas. Sua luta contra as drogas, aliás, foi acompanhada diariamente pela mídia mundial, principalmente pela cobertura exaustiva dos tablóides ingleses.

Ela ficou conhecida mundialmente em 2006, com o disco Back to Black. Seu talento, no entanto, foi ofuscado pelo estilo de vida caótico que passou a levar depois da fama e por seus desencontros com a lei. Amy tinha 27 anos, deixou dois discos e seis prêmios Grammy.

Revista Consultor Jurídico, 23 de julho de 2011, 15h57

Comentários de leitores

10 comentários

Sr, Tiago

Igor M. (Outros)

É uma pena que o Sr. não tenha compreendido direito a minha crítica, chegando ao ponto de taxar de radical - o que claramente não foi. O fato é que esta notícia, que não é uma homenagem (basta uma simples análise de texto para concluir), não possui relevância jurídica alguma. Se homenagem fosse também não seria jurídica. Ademais, o Sr. incorreu em outro erro ao afirmar que eu deixo claro que não faço parte do meio jurídico: o fato de colocar "outros" na profissão significa que eu não seja do meio jurídico. Eu opto por não colocar a profissão, aqui e em outros sites que participo, pois sou contra a identificação da profissão para emitir opinião. Acho que esse tipo de identificação é inútil e, mais ainda, o primeiro passo para se formar o argumento de autoridade - que é uma modalidade de falácia. "Outros" não invalida a faculdade de direito que fiz! E mesmo que eu não tivesse feito, o propósito do Consultor Jurídico é trazer notícias de relevância jurídica, e não um site voltado aos profissionais de direito somente. Um dentista, por exemplo, pode opinar aqui, ou até mesmo escrever para este site, desde que sua matéria seja de relevância jurídica. Nada de radicalismo, mas sim de se manter no objetivo do site. Por isso, meu caro, não é questão de radicalismo; é questão de crítica positiva para que se mantenha o propósito da existência deste site! Quanto ao talento e grandiosidade da artista, e ter entrado para a história da arte, isso é subjetivo, e cabe ao gosto de cada um. Não é o cerne da questão!

TÓXICOS E BEBIDA

acdinamarco (Advogado Autônomo - Criminal)

... E ASSIM COMEÇA MAIS UMA APOLOGIA ÀS DROGAS !!!
acdinamarco@aasp.org.br

É um sinal de alerta.

Flávio (Funcionário público)

A morte desta talentosa cantora nos leva a meditar sobre o fenômeno "drogas e bebidas". Bom seria se nossos jovens tivessem um controle sobre essas coisas. É um mal do século 21, vamos cuidar de nossa educação e orientar melhor a sociedade, principalmente a juventude. Fiquei chocado com essa morte.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 31/07/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.