Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tratamento facilitado

Em Londrina, quem sofre de bronquite ganha remédio

Em Londrina, o Ministério Público Federal vem conquistando importantes vitórias na área da saúde. Os moradores da região que sofrem de duas doenças — bronquite pulmonar obstrutiva crônica e asma de difícil controle — já podem exigir que o Sistema Único de Saúde forneça gratuitamente os medicamentos necessários para o tratamento.

As ações foram apresentadas em 2009, mas só agora foram julgadas. De acordo com as decisões da Justiça Federal, a União terá que incluir dois medicamentos: o brometo de tiotrópio, para a bronquite, e o Omalizumabe/Anticorpo Monoclonal/Anti Imunoglobulina E - anti-IgE, ou simplesmente Xolair, para a asma.

A Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, conhecida também por DPOC, diminui a capacidade de respiração. É a sexta causa de morte no mundo e a quinta na Europa. Hoje, 600 mil pessoas sofrem dela e, anulmente, 2,75 milhões de mortes em todo o mundo são atribuídas à doença. A asma persistente grave é o último estágio de agravamento da doença. Com informações da Assessoria de Comunicação do MPF-PR.

Ações: 2009.70.01.001743-9 e 2009.70.01.004399-2

Revista Consultor Jurídico, 16 de julho de 2011, 7h02

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/07/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.