Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Novas medidas

TJ de Mato Grosso cria banco de dados criminais

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso inaugurou, na segunda-feira (11/7), seu banco de informações criminais. O arquivo conterá dados detalhados de criminosos e os crimes por eles cometidos e será integrado com órgãos ligados à Justiça e à segurança pública, em âmbitos estadual e federal.

A nova medida é mais uma forma de combater os crimes de maior repercussão no estado, como narcotráfico, tráfico de ouro e pedras preciosas, extração ilegal de madeira, biopirataria e o chamado novo cangaço (furtos a caixas eletrônicos e sedes de instituições financeiras em cidades pequenas).

O termo de criação do banco de dados foi assinado pelo presidente do TJ-MT, desembargador Rubens de Oliveira, o corregedor-geral da Justiça, Márcio Vidal, o procurador-geral da República, Marcelo Ferreira de Carvalho o secretário de Estado de Segurança Pública, Diógenes Curado, o secretário de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Paulo Inácio Dias Lessa, o superintendente da Polícia Federal em Mato Grosso, Anderson Vieira Leite e o superintendente da Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso, Weller Sanny da Silva.

Em Brasília, o documento será assinado pelo general de Exército José Elito Carvalho Siqueira, representando a Agência Brasileira de Inteligência (Abin). As informações são da Assessoria de Imprensa do TJ-MT.

Revista Consultor Jurídico, 12 de julho de 2011, 16h38

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/07/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.