Consultor Jurídico

Notícias

Senhor das 7 casas

Conheça o gênio imobiliário de Protógenes Queiroz

Comentários de leitores

  • Página:
  • 1
  • 2
  • 3

49 comentários

Duvido

Oziel (Funcionário público)

Eu duvido, caro Richard.
Para estar soltão como o Pimenta, você teria que matar uma ex-namorada friamente e depois confessar o crime.
Matando bandido, voce certamente responsaderá por homicício qualificado por motivo torpe, de emboscada, e sem chance de defesa à vítima. Ainda mais na terra da garoa.

Eu também acho...

Richard Smith (Consultor)

"Péssimo", "imaturo", "tendencioso", "bisbilhoteiro", etc.
Mandem mais uma dúzia! Sugiro: Lullinha ex-monitor de zoológico ("Senhores: á sua direita a girafa; a sua esquerda o hipopótamo!") e atualmente dono de fazendas com milhares de cabeças de gado, dizem as más línguas; erenice e filhotaiada ("sobrinhos" da "tia" Dillma); josé dirceu, o guerrilheiro de boteco e de balcão e atual eminente consultor que "nunca saiu" do Palácio do Planalto; gushiken, o "China" (dono das famosas cartilhas de 3 milhões de dólares que nunca ninguém viu!), os petistas gestores do FAT da época do começo do enriquecimento do "Partido qeu não rouba e não deixa roubar"; Ih, seria tanta gente para esse malvado e malicioso CONJUR "fofocar"...

Artigo minucioso

Marcelo Augusto Pedromônico (Advogado Associado a Escritório - Empresarial)

É impressionante a "vontade" do CONJUR de investigar e publicar essas informações relativas ao Delegado Protógenes. Além do que disse um dos comentaristas, especialista em Direito Tributário, acerca dos erros cometidos na reportagem, e bem longe de ser o defensor do Delegado, penso que o artigo é imaturo e tendencioso. Péssimo artigo, tanto tecnicamente como também no aspecto de interesse jurídico.

finalmente

Richard Smith (Consultor)

E sabe o que é pior? Com as leis atuais e a celeridade da Justiça, eu acabaria soltão por aí, como o pimenta neves. Duvida?

um pequeno adendo

Richard Smith (Consultor)

Depois, ninguém disse que eu sou perfeito, disse? O grande Ortega Y Gasset disse certa vez: "O homem é o homem e as suas circusntâncias". Ocorre que nas minhas veias corre sangue irlandês e se uma filha minha, por exemplo, fosse morta num assalto por um vagabundo a quem um relapso juiz tivesse soltado para a "saidinha" sem exame criminológico (o quê é isso?!) e nem nada, com antecedentes que pudessem presumir que iria reincidir, fugir ou sei lá, não tenha a mínima dúvida, não iria sobreviver! Fazer o quê? As pessoas são o que são e eu sou assim.

SER DE ESQUERDA ENRIQUECE

Issami (Advogado da União)

Ser de esquerda no Brasil, além de ser politicamente correto e de funcionar como lavanderia de biografias (vejam o caso Battisti - de ladrãozinho vulgar e homicida cruel conseguiu virar herói, símbolo da esquerda míope [ops, desculpem o pleonasmo] e "refugiado" político), parece que é também um excelente negócio. E agora, como Deputado, o ex-Delegado terá, digamos, condições mais propícias ainda para demonstrar todo esse talento financeiro e multiplicar ainda mais o patrimônio. Pior que tá fica sim!!!

correção

Richard Smith (Consultor)

Caramba! Madison Avenue (em Nova York), Avenue Foch (em Paris) e Zurique. Escrever rápido dá nisso.

Hein?! "Pequenos imóveis"?!

Richard Smith (Consultor)

Caro Dr. José Antonio: O senhor leu o artigo mesmo?!
"Sete pequenas propriedades após anos de trabalho"?!!!
O senhor leu que existem outras que não foram declaradas e que três delas ele recebeu de um colega seu ao mesmo tempo, dadas, "de grátis"?!
Depois, são ilações de sua parte que alguém esteja dizendo que tais propriedades foram fruto de "atividade ilícita". MAS QUE NÃO PODERIAM TER SIDO COMPRADAS COM O VALOR DOS SEUS VENCIMENTOS, ah, isso sim! É só fazermos uma pequena conta: R$ 14 mil vezes 13 meses (inclua-se o 13º.salário) dá R$ 182.000,00 vezes dez anos de trabalho (considere-se o valro do último salário para se compensar a inflação) dá R$ 1,820 milhão. Menos o R$ 17.000 (US$ 10 mil) da CONTA NA SUÍÇA (que chique, não) e os R$ 128 mil que o cara de pau diz ter em casa, restam R$ 1,675 milhão. Considerando-se que o tipo "aluga carros", come, sustenta a família, põe crédito nos "trocentos" celulares que a reportagem viu numa entrevista, viaja, tem retenções de IRRF e Previdência, etc. fica um tanto dificil, com o que sobra, ter (e manter!) sete imóveis, não? Viram como números e lógica são acessórios muito interessantes?!
Depois, uam vez mais os "pequenos imóveis" ficaram por sua conta, pois constou imóvel de mais de 250m² no Guarujá, entre outras preciosidades. Quem sabe se investigando bem essa história se achem apartamanetos na Madinos Avenue, na Avenue Foch em Zurique e outros lugares bem próprios a um servidor publico modesto (no status e não no seu avantajadissimo e patológico ego, ressalte-se bem!) e, atualmente, a um lídimo representante de um partido do "povo popular", como diriam os Cassetas. Ao final, acho apenas que a sua profissão de fé crítica inicial não combina muito com a sua tão distraida quanto veemente defesa!

DELEGADO DEPUTADO PROTÓGENES E SEUS BENS

Jose Antonio Dias (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Esta "fofoca" chega a ser irritante. Qual é o problema do Delegado Protógenes possuir 7 (sete) imóveis? Fui frontalmente contra o Delegado nas investigações que fez em face do banqueiro Daniel Dantas. Para mim as investigações foram falhas, mal feitas e sem qualquer conclusão que pudesse imputar crime ao banqueiro. Foram sensacionalistas, sem o aprofundamento nas investigações que autorizassem abertura de processo crime com provas robustas. Futuramente o banqueiro Daniel Dantas promoverá ações de indenização com grandes possibilidades de exito. Tudo isso fez com que criticasse o Delegado Protógenes pela sua atuação. Entretanto, agora, venho em defesa do Delegado que é crucificado neste artigo por possuir 7 (sete) pequenas propriedades após anos de trabalho. Soube ganhar seu dinheiro para adquirir suas propriedaes. Daí, partimos para concluir que todo o dinheiro que amealhou é produto de conduta ilícita chega as raias do ódio, da inveja, da vingança de quem chegou a essa conclusão. Defenda-se Delegado Protógenes e mova ação de indenização por danos morais em face de quem escreveu este artigo que visa desmoralizá-lo perante a opinião pública. Sua defesa é o ataque, pois, caso contrário ficará, sempre, a dúvida que a aquisição de tais imóveis deu-se com produto de atividade ilícita.

Corrijo e peço desculpas

Richard Smith (Consultor)

Caro Dr. Pintar: Desculpe a mim. Por motivos outros e alheios às "polêmicas" aqui tratadas estava irritado e me excedi. Um abraço.

Apelido

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Prezado Richard Smith. Não tive a menor intenção de ofendê-lo ou criticá-lo, até mesmo porque enfatizei o acerto de parte de seu raciocínio em meu comentário. Se o apelido de "Ferreiro" o ofende, peço-lhe encarecidas desculpas.

Quanto a uns e a outros...

Richard Smith (Consultor)

Caro "Vade Retrum": não, trouxa anônimo, nem de longe, aos 18 anos me alistei na Aeronáutica e fui incluido no "execesso de contingente". Mas tenho o maior respeito por eles. Quanto à Lógica, hum, dela eu sou um servidor e os sofismas dos quais o valente anônimo aí me acusa é que não me causam mossa alguma.
Caro Dr. Pintar, tenho procurado tratá-lo com educação e consideração, senão mesmo até com certa afeição. Sua atitude última só vem a demosntrar que com tarefeiros-partidários de todos os naipes ( mesmo os "lights"), isso é um esforço inútil. Passar bem.

SE GRITAR PEGA LADRÃO, NÃO FICA 1 MEU IRMÃO

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

ATÉ TU, PROTÓGENES ???

PROTOGENES O PALADINO

amigo de Voltaire (Advogado Autônomo - Civil)

Paladino da justiça tem a cara da esquerda fascista brasileira e sua corja de bandidos. Dinheiro na Suiça paladino? como assim? Só aqui mesmo para alguém como o seu protogenes ter reconhecimento.

Visão do povo

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Em que pese o forte apego do comentarista Richard Smith (o "Ferreiro") à argumentação "argumentum ad hominem", creio que em parte ele apontou uma questão de extrema importância. Poucos se interessavam, efetivamente, pelos reiterados abusos que vem sendo cometidos pelo Delegado, desde há muitos anos. Bastou porém se falar em patrimônio dilatado, imóveis e um pouco de dinheiro na Suíça para que a notícia ganhasse a "boca do povo". Isso nos mostra que para a massa da população a maior parte dos abusos cometidos por magistrados, membros do Ministério Público e delegados passam totalmente despercebida, embora muitas vezes "dissecadas" por jornalistas e juristas. É como se entregar um laptop a um selvagem: vai utilizá-lo para sentar em cima ou para se proteger da chuva, sem saber de sua real finalidade. Quando se fala porém em carros importados, mansões e dinheiro vivo todos comentam, tecem comentários, enfim, acabam por "assimilar" o caso, ainda que em parte. Exatamente por isso que a maior parte das espalhafatosas operações da Polícia Federal até há algum tempo, quando se invadia inclusive escritórios de advocacia, apresentavam sempre à imprensa carros apreendidos, dinheiro vivo e até joias, quando a suposta conduta delitiva dos investigados sequer era apontada ou comentada. Essa conclusão nos mostra o atraso cultural que ainda domina a Nação, cujas atenções principais estão centradas no "Big Brother", na "Novela das Oito" (que agora dizer que é "das Nove") e em qualquer outro assunto que envolva intimidade, desfrute de bens ou forma de "ficar rico facilmente".

Para homem público isso é dinheiro de pinga...

Mig77 (Publicitário)

Lembro-me do delegado federal que foi prender o PC Farias e o trouxe para o Brasil.Após alguns dias os jornais noticiaram o patrimônio do delegado, incompatível com seus ganhos.Ficou claro a origem do dinheiro?Não!!!.
A Receita Federal deve esclarecer isso.Pode ser ganho legal.Falar sem certeza não é bom.Pode ter ganho ação trabalhista contra o governo.A doação precisa ser investigada.Não ele mas o doador.Taí um cara de coração bom...Ah!!! precisa investigar a Roseana Sarney e o seu marido, o pai Sarney, o irmão Sarney,o Jader da Sudam,a mulher do Rocha Matos (juiz)o próprio,o Maluf, a mulher, o filho, a nora, os parentes,o cara da loteria (anão)a familia,não acharam nada?E o Fleury?lembram.A imprensa caiu na "cortina de fumaça" da aposentadoria de R$ 8 mil.Vixê!!!Então prendam alguem,pode ser o Tiririca mesmo...Ele tem cara de pobre mesmo...

Proposta irrecusável!!!

BATMAN (Advogado Autônomo - Criminal)

Os super-heróis estão precisando ampliar suas instalões, portanto: PAGO O DOBRO - DISSE "O DOBRO" - DO VALOR DECLARADO EM TODO O PATRIMÔNIO RELACIONADO,SOBRETUDO NESSE "TERRENINHO" DE MAIS DE 1.000 METROS QUADRADOS NO MIRANTE DE CAMBOINHAS QUE SE DISSE VALER R$ 200.000,00.
.
É pegar ou largar!
.
Só não posso falar muito para que o patrimônio de Bruce Wayne também não seja investigado, apesar que os imóveis similares em Gotham City valem bem mais que esses declarados pelo i. Deputado.
.
Enquanto isso, na Sala da Justiça...

Interessante!

Stanley M.D.Tenório (Advogado Autônomo - Administrativa)

Interessante o relato contido, mais adequado ao contexto investigativo, fato que, per se, no Brasil, enseja reflexão outra... Creio ser de bom alvitre ressaltar que o patrimônio pessoal deve ser resgaurdado pelas garantias que amparam o direito em uma democracia. O escrito, a despeito de poder alimentar o espírito dos sequiosos por escãndalo, conota ato persecutório ao jovem e intrépido delegado, que, segundo o Poder judiciário Federal, cometeu excessos passíveis de punibilidade. Se assim o foi, certamente suportará o ônus. Agora, campanha para mitigar-lhe o valor pessoal, sinceramente resta-me a convicção não ser o Conjur o espaço ideal, salvo se estiver atrelado ao contexto diminuto que bem demarcam os atos da imprensa pátria. Sinceramente, o delegado deve ser respeitado, assim como o banqueiro investigado. País com o contexto institucional enfermo sofre com atos desse matiz.

Não dará em nada

Jorge (Jornalista)

Se não fosse eleito, não se saberia que esse "comunista" possui patrimônio "modestíssimo". Já saberiam disso a Polícia Federal e os da mídia que o transformaram em modelo exemplar de policial incorruptível? E por que o delegado aposentado José Zelman doou três imóveis para o delegado Protógenes? E por que a mídia não divulgou as informações do seu patrimônio, quando ele era candidato? Afinal se tratava de um policial em grande evidência. Como sói acontecer, isso não dará em nada.

JUSTICEIRO

ALVARO CARRASCO - ADVOGADO (Advogado Autônomo - Empresarial)

Os justiceiros do povão sempre têm telhado de vidro! Este promoveu invasão de escritórios de advogados, concedeu inúmeras entrevistas para anunciar a descoberta de crimes dos figurões que investigou, candidatou-se e foi logo eleito. É um típico heroi brasileiro.

  • Página:
  • 1
  • 2
  • 3

Comentar

Comentários encerrados em 26/01/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.