Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mandado judicial

Twitter terá de fornecer dados sobre WikiLeaks

O Departamento da Justiça dos Estados Unidos emitiu um mandado judicial para que o Twitter forneça informações das contas do site WikiLeaks, do seu fundador, Julian Assange, e de apoiadores do grupo, de acordo com informações da Folha Online. Foram solicitados detalhes pessoais dos usuários, como endereços, nome, horários de acesso e tipos de serviços utilizados no Twitter desde 1º de novembro de 2009.

O nome do analista de inteligência dos Estados Unidos Bradley Manning, suspeito de ter originado os vazamentos, e da parlamentar da Islândia Birgitta Jonsdottir, ligada ao site, estão entre os oitos usuários citados.

O Wikileaks ganhou destaque internacional por divulgar no ano passado 77 mil documentos da inteligência americana sobre o Iraque e, nas últimas semanas, mais de 250 mil telegramas secretos do Departamento de Estado dos Estados Unidos com os bastidores da diplomacia americana.

Alerta
Segundo a Folha, os Estados Unidos já alertaram centenas de pessoas em todo o mundo que podem estar em perigo devido à revelação de mensagens diplomáticas confidenciais pelo WikiLeaks. O Departamento de Estado afirmou que o país também ajudou algumas a se mudar para locais seguros.

“Estamos nos concentrando em pessoas que foram identificadas em documentos e avaliando se existe um risco maior de violência, prisão ou outros riscos graves, particularmente em sociedades repressivas de todo o mundo”, disse o porta-voz do Departamento de Estado, P.J. Crowley, a repórteres.

“Identificamos várias centenas de pessoas em todo o mundo que estão em perigo potencial. Em um pequeno número de casos, ajudamos pessoas a se deslocarem de onde estão para locais mais seguros”. Ele não disse se alguma das pessoas envolvidas já havia sofrido uma ameaça específica.

Revista Consultor Jurídico, 8 de janeiro de 2011, 13h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/01/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.