Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Desafio da largada

Itália pede para Dilma extraditar Cesare Battisti

Por 

Mal começou o mandato da presidente Dilma Rousseff e ela já tem um desafio de gente grande: driblar o mal-estar deixado por Lula. A Itália não recebeu nada bem a notícia de que o italiano Cesare Battisti, julgado e condenado pelo país europeu, não vai poder cumprir a pena porque o presidente brasileiro não deixou. O governo italiano pediu para Dilma reverter a decisão de Lula e entregar Battisti para a Itália.

O pedido foi feito em carta encaminhada ao Ministério das Relações Exteriores do Brasil, nesse sábado, de acordo com a imprensa italiana. Na carta, o governo da Itália afirma acreditar que a nova presidente vá decidir pela extradição de Battisti. E ameaça: vai tomar todas as medidas judiciais possíveis para que isso aconteça.

O mandato da primeira mulher presidente do Brasil não começou bem, pelo menos aos olhos italianos. A imprensa da Itália já chama a herança deixada por Lula de crise diplomática. Jornais locais também apontam desrespeito ao Supremo Tribunal Federal brasileiro, que, há pouco mais de um ano, considerou injustificado o asilo político dado a Battisti.

 é correspondente da revista Consultor Jurídico na Europa.

Revista Consultor Jurídico, 2 de janeiro de 2011, 5h09

Comentários de leitores

47 comentários

RICHARD E PROCURADOR

Júnior Brasil (Advogado Autônomo - Consumidor)

Apenas lembrei que lula ofereceu asilo para uma adúltera e supostamente homicida. Quanto ao adultério, tudo bem, aqui ela estaria em casa. Depois manda alguém condenado por terrorismo e assassinatos ficar no Brasil. Até aí tudo bem. Normal. Ato de império, blá, blá, blá...
.
Só que lembrei que ele mandou de volta para Cuba dois coitados que fugiram daquele lindo regime de governo e não haviam cometido crime algum..., segundo relatos da imprensa. Pediam pelo amor de Deus para ficar aqui, e o Lula negou. Da mesma forma, alguns africanos, que costuma ser devolvidos para suas "repúblicas democráticas".
.
Só acho que se é para uns, deve ser para todos.
.
Sds.

UM FELIZ ANO NOVO A TODOS (vamos precisar!)!

Richard Smith (Consultor)

Para você também, Júnior, e para todos os seus.

MAIS ENGANOS (UFA!)

Richard Smith (Consultor)

Você se engana mais uma vez "procurador" (seria uma sina?). Governantes são seres humanos que podem cometer erros na sua governança (vocês não apontam "tantos" no governo anterior?). Então, em tese, nem todos os atos de governo são bons, certos e, portanto, defensáveis. Pura tergiversação de sua parte.
O ato referido, contraria posição do próprio CONARE e do STF. Afronta desnecessariamente país-irmão, ao considerar, sibilinamente, que o extraditado poderia ser alvo de "perseguições" ou outros atos "extra-poena", (como se lá fosse aqui, aonde o PCC manda matar quem quiser e o beira-mar degola e expõe a cabeça dos seus inimigos). É uma verdadeira afronta às instituições de um estado democrático.
Então, como respaldar tal ato e apoiar o governo que o cometeu, aliás, muito covardemente, no momento de apagar as luzes do gabinete, literalmente?!
Quanto a passar bem, acredite, pois não lhe desejo mal algum. Ao contrário de vocês, seguidores da verdadeira religião do Petismo, não tenho inimigos e nem considero que não pensa como eu, como um herege a ser convertido ou queimado na fogueira!
Tenha um Feliz Ano Novo.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 10/01/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.