Consultor Jurídico

Notícias

Anulação no TST

Anamatra considera ilegal eleição de presidente

Comentários de leitores

4 comentários

Justiça inútil

JA Advogado (Advogado Autônomo)

100% de apoio à extinção dessa justiça trabalhista que é a prova cabal de que NEM TODOS são iguais perante a lei. Deveria ser extinta e seus juízes incorporados à justiça comum (pode ser a federal ou a estadual, ambas abarrotadas - basta uma emenda constitucional de dez linhas dizendo como isso deve ser feito).

Extinção da Justiça do Trabalho...Muito tarde..Tarde demais

Mig77 (Publicitário)

A Justiça do Trabalho tem que ser extinta.É nefasta para o país,destroi gerações,desserve o empregado e o patrão, produz marginais de toda espécie,promove o tráfico de drogas, corrompe, lava dinheiro, gera informalidade,inibe o empreendimento, promove a sonegação.Um dos principais responsáveis pelo fechamento de 1.650.000 (hum milhão, seiscentos e cinquenta mil empresas) em 10 anos.Quando o cinto apertar aparecerão com a tal "flexibilização" o que é um erro pois sua raíz é deteriorada.A Justiça do Trabalho resistiu e resiste aos seguintes governos:Getulio Vargas,Eurico Dutra,Getulio Vargas,Café Filho,Juscelino Kubtischek,João Goulart,Golpista Militar 1, 2, 3, 4, 5, 6, José Sarney,Fernando Collor,Itamar Franco,Fernando HCardoso(passar por esse é inexplicável, por ter a "tag" socialista)Lula(passar por esse foi de previsível estupidez) e Dilma Roussef (A ESPERANÇA COM LETRA MAIÚSCULA)...Quando a Justiça do Trabalho for extinta o Brasil contará os presidentes daqui para frente, de forma diferente...Como nação séria!!!

Chega de injustiça

Lima (Advogado Autônomo - Tributária)

Alguém com condições legais para tanto poderia propor a extinção da Justiça do Trabalho. Chega de sustentar uma instituição que dia após dia destrói o Brasil. Pelo fim da "justiça especializada", ninho do que o País tem de mais vil.

DEMOROU DEMAIS

themistocles.br (Advogado Sócio de Escritório - Administrativa)

Por qual motivo somente agora a associação resolveu tomar alguma medida?
Soa estranho que a regra do art. 102 da Lei Complementar nº 35/79 proibe essa prática desde 1979, mas somente agora é que a associação resolveu exigir o cumprimento da lei e que "...a deliberação pautou-se, como é histórico na entidade, pela preservação dos princípios da Administração Pública de que trata o art. 37 da Constituição Federal...", que, aliás, está vigente desde 1988.

Comentar

Comentários encerrados em 18/02/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.