Consultor Jurídico

Comentários de leitores

7 comentários

Obviedade - 2

Daniel André Köhler Berthold (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

Sintetizando: eu apoio a verdade!

Obviedade - 1

Daniel André Köhler Berthold (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

É óbvio que a maioria das pessoas tende a concordar com a Corregedoria Nacional de Justiça e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) nesse embate com Associações de caráter nacional representativas da Magistratura.
Óbrio porque há imensa distorção na divulgação de informações, sobre o caso, por parte de órgãos de comunicação social. Pode até não ser intencional, mas, em geral, as notícias são, quando não falsas, ao menos incompletas.
Nenhuma Associação de Magistrados é contra qualquer investigação da Corregedoria Nacional de Justiça nem do CNJ.
O que as Associações querem é que as investigações sejam feitas de acordo com as normas jurídicas, assegurando, aos investigados, os mesmos direitos que qualquer investigado tem (como presunção de inocência, querbra de sigilos bancário e fiscal só com ordem judicial).
Querem, também, as Associações de Magistrados que se preserve a autonomia dos Tribunais, assegurada pela Constituição, o que significa que o primeiro responsável pela investigação de um magistrado é o seu Tribunal. A seguir, se demonstrado que o Tribunal (ou a sua Corregedoria) não cumpriu o seu papel, que a Corregedoria Nacional de Justiça e o CNJ atuem.
Mas o que muitos órgãos de comunicação social publicam? Que a Corregedoria Nacional de Justiça quer investigar, e as Associações de Magistrados querem impedir.
É óbvio que quem lê, ouve ou vê esse "primor" de notícia acha que a Corregedora é uma santa, e os magistrados, demônios.
Assim, parafraseando comentaristas anteriores, eu apoio a divulgação de notícias verdadeiras e completas. Eu apoio a reflexão antes do pré-julgamento. Eu apoio o fim da "guerra de classes" que parece, às vezes, instalar-se neste fórum de debates (o advogaado achar que o magistrado é culpado, só por ser magistrado).

EU APOIO A MINISTRA ELIANA CALMON!

Paulo Jorge Andrade Trinchão (Advogado Autônomo)

Caro Dr. Sérgio, a sua sugestão veio em boa hora. A própria mídia nacional(séria e responsável!) demonstra que quase 100% do povo brasileiro apoia a preclara ministra. Vamos fazer vez e coro, preservando os poderes inerentes ao depurador CNJ, e a sua insigne ministra corregedora. Vamos preservar à pópria cidadania. Não podemos aceitar que um Poder, cujos membros NÃO são eleitos pelo povo, se julgue superiores e acima do bem e do mal. Nesse salutar propósito, defendo, também, ELEIÇÕES DIRETAS E JÁ PARA O INGRESSO NA MAGISTRATURA, E POR TABELA, NO MINISTÉRIO PÚBLICO! EU APOIO A BRAVA MINISTRA ELIANA CALMON!!!

Todo o apoio à Ministra.

. (Professor Universitário - Criminal)

Não titubeie, não se entregue Ministra. O povo e a sociedade responsável deste país a apoiam totalmente. Continue na luta contra as mazelas do Judiciário. Vamos abrir as caixas pretas, brancas ou coloridas.

Eu apoio a Dra. Eliana Calmon

Balboa (Advogado Autônomo)

Que tal fazermos esse movimento no Brasil?

Honra ao vento.

Republicano (Professor)

É exatamente isso que as associações tentam coibir. Entrevista, joga-se com a opinião publica, e depois? ...

Eis a prova

Leilson Lima (Estudante de Direito - Criminal)

Agora a Corregedoria se retrata, né? Mas na hora de dar declarações sensacionalistas e atiçar o povo não se pensou duas vezes nem se mediu as palavras.

Comentar

Comentários encerrados em 7/01/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.