Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Transferência de poder

Sartori toma posse como presidente do TJ-SP no dia 2

A transferência do cargo de presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo para o desembargador Ivan Sartori, atual presidente da 13ª Câmara de Direito Público do tribunal, está marcada para 2 de janeiro de 2012, no Palácio da Justiça. A cerimônia de posse será no dia 1º de fevereiro, no mesmo lugar.

A eleição de Sartori gerou polêmica com o pedido de providências por parte do desembargador Antonio Augusto Corrêa Vianna, atual vice-presidente do TJ-SP, que buscava a anulação do pleito. Corrêa Vianna contestou a eleição por Sartori não estar entre os mais antigos do tribunal.

O pedido do desembargador, porém, foi rejeitado pelo conselheiro Marcelo Nobre, do Conselho Nacional de Justiça no último dia 16. Segundo Nobre, houve manifesta recusa de candidatura dos desembargadores mais antigos em três oportunidades: quando não se opuseram à resolução que organizou as eleições, quando não apresentaram suas candidaturas e quando votaram.

Contrariando a expectativa geral que dava como certa a vitória do atual presidente José Roberto Bedran, Ivan Sartori foi eleito presidente do TJ-SP por 164 votos enquanto Bedran teve 147. Na lista de antiguidade da corte, Sartori ocupa a 137ª posição, enquanto Bedran é o quarto.

Como vice-presidente, tomará posse o desembargador José Gaspar Gonzaga Franceschini, que teve 273 votos. O desembargador José Renato Nalini foi eleito para a Corregedoria Geral da Justiça com 210 votos.


Dica de Leitura
Anuário da Justiça São Paulo 2012. Clique e sabia mais!

Revista Consultor Jurídico, 20 de dezembro de 2011, 8h56

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/12/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.