Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Bons resultados

1ª Turma do STF tem rendimento 60% maior em 2011

A 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal julgou 5.449 processos em 2011, durante a presidência da ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha. O número representa um aumento de 60% nos julgamentos feitos em 2010, quando a Turma era presidida pelo ministro Ricardo Lewandowski.

Em sua última sessão na presidência do colegiado, na terça-feira, a ministra Cármen Lúcia destacou a colaboração dos ministros que compõem a Turma (Dias Toffoli, Luiz Fux e Marco Aurélio) e da Procuradoria da República, sempre presente nos julgamentos.

Ela também agradeceu a dedicação dos servidores, assessores, secretários, seguranças e advogados, pessoas fundamentais para o trabalho do colegiado.

A ministra desejou a todos que aproveitem o recesso para se recompor, com o objetivo de “chegar no próximo ano com mais compaixão do que nunca”. Segundo ela, compaixão, seriedade, estudo e disciplina são características imprescindíveis ao trabalho de um juiz, sobretudo na Turma, onde são julgados “problemas que as pessoas têm no curso de suas vidas, sendo extremamente difícil tentar realizar a Justiça no caso concreto”.

O ministro Marco Aurélio classificou ainda como “profícuo” o desempenho do colegiado em 2011, que julgou 2.000 processos a mais do que em 2010, sempre “visando alcançar a almejada Justiça”.

No próximo ano, a 1ª Turma será presidida pelo ministro Dias Toffoli. Com informações da Assessoria de Imprensa do STF.

Revista Consultor Jurídico, 14 de dezembro de 2011, 9h27

Comentários de leitores

1 comentário

Bela e surpreendente declaração

Eduardo R. (Procurador da República de 1ª. Instância)

Bela e surpreendente declaração da ministra presidente, ao destacar a compaixão como bem para 2012. Vemos que há sim, muito de subjetivo nos julgamentos pelos juízes e isso não é de lamentar, mas de louvar. A dificuldade é aliar a justiça individual do caso com a igualdade de tratamento aos casos iguais (justiça objetiva).

Comentários encerrados em 22/12/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.