Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Reajuste salarial

Funcionários de aeroportos ameaçam fazer paralisação

Às vésperas do Natal, 15 mil funcionários que trabalham nos principais aeroportos do país prometem fazer uma paralisação geral no próximo dia 22 de dezembro. A categoria alega que os empresários não querem atender à principal reivindicação, que é o reajuste de 10% dos salários. O assunto será tema de uma reunião nesta quinta-feira (15/15), no Rio de Janeiro, entre a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (Fentact) e representantes das empresas.

"Não queremos causar confusão alguma para os que estarão viajando neste período. Não desejamos confusão às vésperas do Natal. Mas os empresários resistem em abrir mão da proposta de 6% de reajuste. Estamos abertos para negociar", disse à Agência Brasil o presidente da federação, Celso Klafke.

A presidente do Sindicato Nacional dos Aeroviários, Selma Balbino, acrescentou que no período das festas de fim de ano, como o Natal e o réveillon, os trabalhadores das companhias aéreas são sobrecarregados.

Em outubro, funcionários que trabalham nos principais aeroportos do país fizeram uma manifestação de 48 horas em protesto contra o modelo de privatização do setor definido pelo governo federal. Na ocasião, a área de cargas foi a mais afetada pela manifestação. Com informações da Agência Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 14 de dezembro de 2011, 18h56

Comentários de leitores

1 comentário

Reinvindicação ou punição

Luciana (Corretor de Seguros)

Reinvindicar é uma coisa, punir a população que viaja nesta época do ano com toda família, idosos, crianças, passagens compradas, é uma falta de bom-senso sem tamanho. Os funcionários têm o ano inteiro para reinvindicar, mas preferem instalar a desordem e balbúrdia, é a velha história do cobertor curto, puxa de um lado e descobrem do outro!
Parabéns Polícia Federal, impeça mesmo esse absurdo!

Comentários encerrados em 22/12/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.