Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cara nova

Novo site do TST entra no ar nesta quarta-feira

O Tribunal Superior do Trabalho inaugura nesta quarta-feira (7/12) o seu novo portal. A nova ferramenta à disposição dos jurisdicionados busca facilitar o acesso à informação das diversas áreas do Tribunal, além de colocar em evidência os conteúdos mais procurados.

Em um primeiro momento, conviverão a nova ferramenta virtual e o antigo site do TST, a fim de que os usuários tenham a possibilidade de se adaptar à nova forma de navegar. Nos próximos dias, o site de notícias apresentará uma série de reportagens que explicarão as novas funcionalidades de cada um dos menus oferecidos.

Entre as facilidades imediatas para os usuários, o novo portal traz um menu de acesso rápido na parte inferior, onde, com apenas um clique, se tem acesso a informações institucionais, notícias, serviços, jurisprudência e legislação. Outra novidade são os botões de acessibilidade no canto superior direito das páginas do portal — que permitem ao usuário aumentar ou diminuir o tamanho da fonte, aumentar o contraste da tela e traduzir o texto selecionado para a linguagem brasileira de sinais (Libras).

A interação com o público também fica mais acessível a partir dos botões na mesma área da página, que remetem diretamente ao feed de notícias do TST (RSS) e às contas do Tribunal nas redes sociais (Twitter e Facebook).

O site foi desenvolvido com o objetivo de facilitar a navegação do usuário. Para isso, a equipe de desenvolvimento privilegiou os conteúdos mais acessados, as novas necessidades apontadas por usuários e o novo cenário criado pela interação com as redes sociais. Na versão antiga, havia uma transposição do organograma administrativo para o mundo virtual. A consequência é que muitas áreas eram pouco exploradas em razão da necessidade de se conhecer a estrutura do TST para que se pudesse acessar os serviços.

A partir de um levantamento estatístico da utilização do site, foram detectadas as áreas de maior tráfego: a consulta à jurisprudência e as notícias. Para se chegar à versão final, uma das etapas foi a utilização de uma ferramenta de trabalho chamada card sorting, que utiliza a experiência dos usuários (internos e externos) a fim de hierarquizar as informações relativas a cada setor, para depois encaixá-las na estrutura final do portal. A alimentação das informações ficará sob a responsabilidade de diversos gestores setoriais, o que facilitará a atualização e a busca de novas informações com os setores responsáveis por cada área do portal. Com informações da Assessoria de Imprensa do TST.

Revista Consultor Jurídico, 6 de dezembro de 2011, 20h24

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 14/12/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.